Pular para o conteúdo principal

Considere as reclamações dos clientes


A micro empresa  familiar é envolvida por um carinho muito grande de seus administradores, porém esse amor, muitas vezes, deixa a empresa muito pessoal e pouco profissional. Principalmente, diante  da reclamação de um cliente: a queixa é vista como ofensa pessoal.

Mesmo quando a micro empresa familiar tem um gerente esse profissional é descredibilizado quando sugere alguma mudança baseada em reclamação de clientes. Quando isso acontece o profissional se resigna a fechar a boca e seguir seu trabalho sem muitos palpites e, lamentavelmente, ele está certo pois pode perder o emprego se avançar com o assunto que foi banalizado pelo empreendedor.

Existem micro empresas familiares que são profissionalizadas? sim! sem dúvida! Todavia, o assunto de hoje é para as que não são. Existem clientes que reclamam do que não gostam (o que é ótimo para que serviços e produtos possam ser repensados) mas, também, existem os que não gostam e nunca mais aparecem.

Então: acredite! Leve em consideração quando um cliente faz uma reclamação e não para achar culpados e sim para avaliar o que daquela reclamação pode ser usada para melhorar processos gerenciais. Não desconsidere ou tome como ofensa pessoal.

Post Relacionado:

 Organização: agrupar os semelhantes

Postura no atendimento

Chefe = Líder?

Faça triunfar seus princípios profissionais por conta própria

Seja impecável com sua palavra!

No meu instagram faço postagens sobre trabalho: Desenvolvimento profissional, livros, marmitas, mentoria, relacionamentos no trabalho e sustentabilidade! Me segue por lá: @svdanielle

No Facebook: @svdanielle

Meu canal do youtube: Danielle SV

Para receber por e-mail posts e novidades se inscreve no blog!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Livro: Meu livro da consciência: 365 mensagens para nossas boas escolhas de cada dia

Esse livro é um dos que uso muito: é pequeno deve ter em torno de 12 cm x 17 cm mas tem 400 páginas. Acho ele otimista sem ser exagerado e traz reflexões que muitas vezes ficam lá guardadas no subconsciente. O título é bem propício pois traz reflexões para que sejam conscientizadas e adequadas para realidade de cada um.  O autor é Terapeuta e professor universitário. Esse é um livro que pode ser usado em diversos momentos da vida mas nesses momentos de insegurança e descrença mundial é ainda mais útil. Cada folha dele tem data (sem ano) e uma reflexão para o dia. É bom colocar na balança determinados assuntos como: vida profissional, forma de vida cotidiana, pessoas e coisas que não acrescentam etc. Enfim, uma vida mais leve e satisfatória de acordo com as expectativas de cada um. Livro: Meu livro da Consciência: 365 mensagens para nossas boas escolhas de cada dia Autor: Tadashi Kadomoto Editora: Gente  Número de páginas: 400 ISBN: 978-85-452-0212-7 Ano da Edi

Doando Plantas: que você não quer mais!

Que tal doar as plantas que você não quer mais? Aqui surge uma oportunidade para aqueles que tem uma planta, árvore e ou flor em casa e também para aqueles que não têm plantas mas querem ter. Se você tem uma planta em sua casa ou no seu escritório que não vingou  e ou quer mudar a decoração e não sabe o que fazer com elas? Doe! Sabe aquele velho ditado "se você não quer tem quem queira" essa situação se aplica! Porque colocar no lixo algo que ainda pode ser cuidado por alguém? As vezes a situação é de viagem: vai viajar? passar um bom tempo fora e não tem quem cuide de suas plantas? quem sabe doar para alguém que se interesse antes de viajar? Conte para todos, que você conhece que está doando! Via mídias sociais! Tire fotos e mostre para os amigos! logo aparecerá um novo lar para sua planta!  Posts Relacionados: Bloquinhos Reciclados do Bem Sustentabilidade = Coletividade Escolhas Certas! Mudar de Trabalho Planejamento e Organização Por que Pl

Chocolate, Vida saudável e Trabalho!

O chocolate por incrível que pareça tem tudo a ver com uma alimentação saudável e balanceada. Confesso que um chocolate após o almoço com cafezinho me deixa mais alerta para trabalhar durante o resto do dia. Mas o chocolate ao qual me refiro aqui: é o meio amargo e amargo. Na foto estão os 85% cacau e o, que é melhor ele sacia a vontade de comer chocolate com apenas um quadradinho, pois é bem forte e amargo mesmo! É só comprar o chocolate 85% cacau e sair comendo ? Eu escolhi me adaptar aos poucos. fui aumentando o percentual de cacau gradualmente! Começar com o meio amargo...passar para o 60% cacau...depois 70%... 85% que é amargo mesmo e 99% cacau! Aqui tem algumas idéias para se adaptar mais fácil com o amargo! 60% cacau é mais fortinho que o meio amargo...e a Hershey's tem algumas opções de sabor...são bem gostosos. Abaixo duas opções da Hershey's que são ótimas! O primeiro é caramelo salgado: E o segundo aerado! Como ele é aerado a minha impressão é q