Pular para o conteúdo principal

Governo anuncia isenção a empresas que reduzirem poluição

          Com o objetivo de alavancar a indústria e ao mesmo tempo cumprir as metas de redução na emissão de gases, o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio, Fernando Pimentel, a ministra do Meio Ambiente Izabella Teixeira e o presidente da CNI (confederação Nacional da Indústria), Robson Braga de Andrade assinaram nessa terça-feira dia (21) o Acordo de Cooperação Técnica para a construção do Plano de Mitigação e Adaptações às Mudanças Climáticas do Setor Industrial.

          O Acordo Apresentado deverá conceder benefícios a setores da indústria que cumprirem metas de redução de emissão de de poluentes. Os setores de Alumínio, cimento, papel e celulose, química, cal, vidro e ferro-gusa (usado na fabricação de aço) deverão ser beneficiados. A estimativa é que, em 2020, 16,2 milhões de toneladas de gás carbônico (CO²) deixem de ser emitidas, reduzindo a projeção de 324,4 milhões para 308,2milhões de toneladas.

          O ministro Pimentel ressaltou que esse plano já nasce com metas voluntárias de redução, de 5% que estão sendo acordadas com a indústria. "A indústria está junto com governo assumindo esse compromisso. Vamos ter muito trabalho, mas não vamos fugir dele. Temos que providenciar inventário, instrumento de medição, estudos necessários para isso, mecanismos de redução tributária, financiamentos", disse.

          Parte do Plano Brasil Maior, a ministra do Meio Ambiente lembrou a importância da inclusão do tema ambiental para o desenvolvimento da indústria, aliando tecnologia, baixo custo e sustentabilidade e tirando o Meio Ambiente apenas do papel do licenciamento ambiental. "A partir de agora você tem um arranjo formal de tal maneira que o Brasil possa avançar no desenvolvimento do seu parque industrial na discussão da emissão de CO² por unidade", comemorou Teixeira.

          Para esse desenvolvimento, o presidente da CNI alertou que há a necessidade de trabalhar a sustentabilidade aliada a competitividade e a racionalidade em todo o sistema produtivo. "É fundamental que o Plano Indústria considere integralmente as peculiaridades de cada segmento do setor produtivo", e completou: "Sempre deve-se ter em mente a sua pequena contribuição no perfil das emissões de gases e a necessidade urgente de Retomada do crescimento da indústria", reforçou Andrade.

          Nesta semana os empresários deverão receber contrapartidas do governo, sobretudo por meio do BNDES, para a redução de emissões, segundo Alexandre Comin, diretor de competitividade industrial do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e comércio (MDIC).

Fonte: mdic.gov

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Chocolate e vida saudável

O chocolate por incrível que pareça tem tudo a ver com uma alimentação saudável e balanceada. Mas o chocolate ao qual me refiro aqui: é o meio amargo e amargo.

Essa é minha bomboniere de hoje! Estou comendo 85% cacau no momento...e o que é melhor ele sacia a vontade de comer chocolate com apenas um quadradinho, pois é bem forte e amargo mesmo!



É só comprar o chocolate 85% cacau e sair comendo ?
Eu preferi me adaptar aos poucos...fui aumentando o percentual de cacau gradualmente!

Começar com o meio amargo...passar para o 60% cacau...depois 70%...e por fim o de 85% que é amargo mesmo.

Aqui tem algumas idéias para se adaptar mais fácil com o amargo!

60% cacau é mais fortinho que o meio amargo...e a Hershey's tem algumas opções de sabor...são bem gostosos.


Aqui 70% da cacau show...mais fortinho que o anterior e não conheço, ainda, alguma marca com sabor...


Aqui 80% cacau da Lindt e da Cacau show...essa é a etapa em que estouuuuuuu!!!É mais amargo que o 70%. Os dois são bons, porém o L…

Oportunidade para Startups

A EDP Starter começa a criar raízes no Brasil!! E elas serão cada vez mais profundas a cada etapa de seleção das novas startups brasileiras!!
Que oportunidade legal hein?! 
As inscrições estão abertas e esperando empreendedores motivados, dispostos a trabalhar muito e com grandes ideias inovadoras!




Eles estão em busca de:
1) Armazenamento de energia: Baterias, Painéis Solares + Armazenamento, Integração Solar e Eólica, Micro-redes, Mobilidade Elétrica, Baterias Domésticas;
2) Inovação Digital: Analytics, API, AI, AR, VR, Big Data, Business Intelligence, Chatbots, Serviços na Nuvem, IoT, Reconhecimento de Imagem, Análise Preditiva, Cyber Segurança;
3) Energias Limpas: Novas Fontes de Energia Renovável, Geração Distribuída, Tecnologias de Geração, Eficiência Energética;
4) Redes Inteligentes: Soluções IoT, Distribuição Bidirecional, Geração Distribuída, Sensorização, Automação e Gestão de Redes, Medição Inteligente, Manutenção de Rede, Tarifa Dinâmica;
5) Soluções com Foco no Cliente: …

Montar lanchinhos práticos em casa

Carregar lanchinhos saudáveis na bolsa é tudo de bom! É importante se organizar para hora que a fome aparecer ter a melhor escolha sempre a mão! Planejar...nem que seja em pensamento a semana é a forma mais eficaz de conseguir manter um bom cardápio alimentar.
Preparar eles em casa é mais barato e mais saudável. As oleaginosas podem ser compradas por quilo nas feiras ou em mercados públicos. Podem ser guardadas em potes separados ou nos saquinhos que foram compradas. Eu guardo separadas em potes com divisórias e vou organizando sempre que preciso em saquinhos pequenos.



Os saquinhos pequenos e o rolo de barbante podem ser encontrados em papelarias ou no próprio mercado público onde estão as oleaginosas. As embalagens ficam com preço super amigável e duram por muito tempo pois são vendidas com 100 unidades ou 50 unidades e o barbante vem com vários metros.


Para uma vida mais saudável o mais importante é ter persistência e insistência, pois os resultados virão sempre a curto, médio e lon…