Pular para o conteúdo principal

Taxa de Sobrevivência,das empresas, no Rio Grande do Sul, é a terceira mais alta do País.

           Quase metade das empresas fecha antes do terceiro ano de vida, diz IBGE.

          Após três anos de entrada no mercado, 48,2% das empresas não sobrevivem, divulgou nesta Segunda-feira o Instituto Brasileiro de Estatística e Economia (IBGE). O levantamento sobre a Demografia das empresas em 2010 aponta os movimentos de entrada e saída das empresas, tempo de sobrevivência e classifica quais apresentaram um aumento médio de pessoal ocupado assalariado entre 2007 e 2010. As empresas avaliadas estão no Cadastro Central de Empresas (CEMPRE), do IBGE.

          Do total das 464,7mil empresas que apareceram pela primeira vez em 2007, 76,1% sobreviveram em 2008, 61,3% até 2009 e 51,8% até 2010. Depois de três anos de entrar no mercado, 48,2% das empresas não sobreviveram. Dentre as atividades que apresentaram as mais altas taxas de sobrevivência nos três anos observados estão a saúde humana e serviços sociais (61,4%), eletricidade e gás (60,8%), esgoto, atividades de gestão de resíduos e descontaminação (57,4%). As menores taxas estão nas atividades de artes, cultura, esporte e recreação (45,6%), outras atividades de serviços (46,5%) e atividades financeiras e de seguros (47,4%).

          Quanto ao número de empresas novas no mercado, em 2010 foram 999.123, 5,5% maior que em 2009 e 736,4 mil fecharam as suas portas. A taxa de entrada de 22,1% representa que uma em cada cinco empresas em atividade em 2010 era nova. As maiores taxas foram observadas nas áreas de construção civil (31,2%), eletricidade e gás (29,1%) e outras atividades de serviços (28,5%).

          A Região Sul foi a que apresentou a maior taxa de sobrevivência das empresas, com 79,3%, seguida pelo Sudeste, que apresentou 78,9%. Ambas as regiões apresentaram um crescimento maior que a média nacional de 77,9%. Santa Catarina está em primeiro lugar, com 82,1%, seguida por São Paulo (79,3%) e o Rio Grande do Sul (79,2%). As regiões que apresentaram maior taxa de saída foram o Norte e o Nordeste.

        Empregos

         No ano avaliado pela pesquisa, o total de ocupações assalariadas cresceu 9,1% (2,6 milhões) em relação a 2009 e as empresas novas foram responsáveis pela criação de um milhão destas vagas, sendo que 35,6% pelo comércio.

          Dentre as atividades, as indústrias de transformação responderam por 23,3% do acréscimo no pessoal assalariado; construção por 18,7%; atividades administrativas por 17,5% e comércio; reparação de veículos automotores e motocicletas por 14,6%.Juntas essas quatro atividades foram responsáveis por 74,1% (2,3 milhões) do acréscimo no pessoal ocupado assalariado entre 2007 e 2010. As demais atividades econômicas responderam por 25,8% do acréscimo.

Fonte: Jornal Zero Hora.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Chocolate e vida saudável

O chocolate por incrível que pareça tem tudo a ver com uma alimentação saudável e balanceada. Mas o chocolate ao qual me refiro aqui: é o meio amargo e amargo.

Essa é minha bomboniere de hoje! Estou comendo 85% cacau no momento...e o que é melhor ele sacia a vontade de comer chocolate com apenas um quadradinho, pois é bem forte e amargo mesmo!



É só comprar o chocolate 85% cacau e sair comendo ?
Eu preferi me adaptar aos poucos...fui aumentando o percentual de cacau gradualmente!

Começar com o meio amargo...passar para o 60% cacau...depois 70%...e por fim o de 85% que é amargo mesmo.

Aqui tem algumas idéias para se adaptar mais fácil com o amargo!

60% cacau é mais fortinho que o meio amargo...e a Hershey's tem algumas opções de sabor...são bem gostosos.


Aqui 70% da cacau show...mais fortinho que o anterior e não conheço, ainda, alguma marca com sabor...


Aqui 80% cacau da Lindt e da Cacau show...essa é a etapa em que estouuuuuuu!!!É mais amargo que o 70%. Os dois são bons, porém o L…

Oportunidade para Startups

A EDP Starter começa a criar raízes no Brasil!! E elas serão cada vez mais profundas a cada etapa de seleção das novas startups brasileiras!!
Que oportunidade legal hein?! 
As inscrições estão abertas e esperando empreendedores motivados, dispostos a trabalhar muito e com grandes ideias inovadoras!




Eles estão em busca de:
1) Armazenamento de energia: Baterias, Painéis Solares + Armazenamento, Integração Solar e Eólica, Micro-redes, Mobilidade Elétrica, Baterias Domésticas;
2) Inovação Digital: Analytics, API, AI, AR, VR, Big Data, Business Intelligence, Chatbots, Serviços na Nuvem, IoT, Reconhecimento de Imagem, Análise Preditiva, Cyber Segurança;
3) Energias Limpas: Novas Fontes de Energia Renovável, Geração Distribuída, Tecnologias de Geração, Eficiência Energética;
4) Redes Inteligentes: Soluções IoT, Distribuição Bidirecional, Geração Distribuída, Sensorização, Automação e Gestão de Redes, Medição Inteligente, Manutenção de Rede, Tarifa Dinâmica;
5) Soluções com Foco no Cliente: …

Montar lanchinhos práticos em casa

Carregar lanchinhos saudáveis na bolsa é tudo de bom! É importante se organizar para hora que a fome aparecer ter a melhor escolha sempre a mão! Planejar...nem que seja em pensamento a semana é a forma mais eficaz de conseguir manter um bom cardápio alimentar.
Preparar eles em casa é mais barato e mais saudável. As oleaginosas podem ser compradas por quilo nas feiras ou em mercados públicos. Podem ser guardadas em potes separados ou nos saquinhos que foram compradas. Eu guardo separadas em potes com divisórias e vou organizando sempre que preciso em saquinhos pequenos.



Os saquinhos pequenos e o rolo de barbante podem ser encontrados em papelarias ou no próprio mercado público onde estão as oleaginosas. As embalagens ficam com preço super amigável e duram por muito tempo pois são vendidas com 100 unidades ou 50 unidades e o barbante vem com vários metros.


Para uma vida mais saudável o mais importante é ter persistência e insistência, pois os resultados virão sempre a curto, médio e lon…