Pular para o conteúdo principal

Novo Mundo das Cervejas

          Segundo os estudos internacionais, todos os anos são consumidos no planeta mais de 182 milhões de litros de cerveja, o equivalente a 547 petroleiros lotados de barris de cerveja ou a 7280 piscinas olímpicas. No universo das bebidas, só a água e o chá batem a cerveja em termos de popularidade. Grande parte dessa proeza é conseguida à custa da China que já é responsável por mais de um terço do consumo mundial: só em 2010, os chineses ingeriram 44,7 bilhões de litros, quase o dobro dos Estados Unidos, o segundo maior consumidor de cerveja do mundo. Por isso não é de se estranhar que a China produza também a cerveja mais popular no planeta: com vendas anuais superiores a 6,1 bilhões de litros, a Snow Beer, produzida pela CR Snow, uma joint-venture entre a China Resources Enterprises e a SABMiller, que ultrapassa as vendas de marcas globais como a Budweiser, Corona ou Heineken. No entanto, a quase totalidade da produção da Snow Beer é consumida em território Chines.

          Mercado

          No que diz respeito aos negócios, a indústria cervejeira movimenta anualmente milhares de milhões de dólares. Na Europa, por exemplo, a empresa de estudos de mercado Eurobev calcula que a cerveja seja responsável por mais de 140 bilhões de dólares e pela criação de 2,1 milhões de postos de trabalho. Nos Estados Unidos, de acordo com os dados do Instituto da Cerveja, o volume de vendas totalizou 99 bilhões de dólares no ano passado. "A cerveja continua sendo a bebida alcoólica preferida dos americanos", fala o presidente Joe McClain.

          Quanto ao futuro, é sabido que a indústria cervejeira está fortemente correlacionada com o crescimento econômico. Por isso, os mercados emergentes são considerados os principais motores de expansão. A Ásia já absorve mais de um terço do consumo mundial. Todos os países do continente registram um aumento do consumo na ordem de dois dígitos. O destaque vai mais uma vez para China que é simultaneamente o maior consumidor e o maior produtor de cerveja do planeta (crescimento de 103% na última década). Os especialistas da Plato Logic estimam que até 2015 a china seja responsável por 40% do crescimento da indústria cervejeira mundial. Seguem-se o Brasil e a Rússia que irão crescer à uma taxa de 8,3% e 7,1%, respectivamente nesse período.

          Ásia e África são continentes promissores

          O continente africano também é considerado um dos mais promissores. Por isso, está na mira de gigantes como a SABMiller, Heineken e a East African Breweries. Recorde-se que a África só emergiu como player relevante na produção de cerveja na década de 90. Segundo a consultora Beverage Marketing Corporation, o continente registrou um crescimento expressivo em 2000, embora menor do que a média mundial. Depois de contrair em 2001, passou a bater recordes de crescimento até o final da década (em 2008 registrou a mais elevada taxa de crescimento de produção de cerveja no mundo). Apesar do inegável progresso, o volume de produção atual ainda é menor do que o dos "Tigres Asiáticos" (por volta dos 11 bilhões de litros, seis vezes menos do que a média da Ásia e quatro vezes menos do que a China). A quota africana na produção mundial duplicou na última década, mas ainda não ultrapassa os 6%. O país em destaque é a África do Sul, o 12º maior produtor do mundo.

          Os investimentos em fábricas, na rede de distribuição e na produção das matérias-primas agrícolas, explicam grande parte do crescimento da indústria cervejeira na África. No que diz respeito aos negócios, o destaque vai para a entrada da Heineken na Etiópia ema Agosto, com a aquisição das cervejeiras Bedele e Harar, duas empresas controladas pelo Governo, por 163 milhões de dólares. Hoje, as duas cervejeiras controlam 18% do mercado nacional. Com a mesma vontade de reforçar o investimento no continente esta a SABMiller, que este ano, segundo seu diretor executivo, Mark Bowman, tem a intenção de investir 2 bilhões de dólares nos próximos cinco anos na construção e reestruturação de cervejeiras locais.

        Fonte: Revista Exame/Angola

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Chocolate, Vida saudável e Trabalho!

O chocolate por incrível que pareça tem tudo a ver com uma alimentação saudável e balanceada. Confesso que um chocolate após o almoço com cafezinho me deixa mais alerta para trabalhar durante o resto do dia. Mas o chocolate ao qual me refiro aqui: é o meio amargo e amargo.

Na foto estão os 85% cacau e o, que é melhor ele sacia a vontade de comer chocolate com apenas um quadradinho, pois é bem forte e amargo mesmo!



É só comprar o chocolate 85% cacau e sair comendo ?

Eu escolhi me adaptar aos poucos. fui aumentando o percentual de cacau gradualmente!

Começar com o meio amargo...passar para o 60% cacau...depois 70%... 85% que é amargo mesmo e 99% cacau!

Aqui tem algumas idéias para se adaptar mais fácil com o amargo!

60% cacau é mais fortinho que o meio amargo...e a Hershey's tem algumas opções de sabor...são bem gostosos.


Aqui 70% da cacau show! Mais forte que o anterior!



Aqui 80% cacau da Lindt e da Cacau show!!! Os dois são bons, porém o Lindt tem o preço de importação então é mai…

Fale Menos da Sua Vida Pessoal em um Ambiente Profissional

Que mistura hein?! Sabe aquele colega que chega todos os dias e comenta como foi suas últimas horas? Perceba, que na maioria das vezes quem está metido em debates acalorados, desavenças e fofocas é sempre ele! Fala demais assuntos desnecessários para um ambiente profissional.
O ambiente de trabalho fica muito mais leve quando a conversa gira em torno do trabalho ou sobre amenidades como: cultura em geral, passeios interessantes, livros, séries de tv etc. Existem "N" temas para serem debatidos em um local de trabalho que não o relato constante da vida pessoal.
A vida pessoal de cada um interessa a si e aos envolvidos quando muito com aos amigos íntimos!
Com as mídias sociais surgiu o hábito de postar frequentemente a vida pessoal, porém, lembre que entre os amigos também estão os colegas de trabalho. Muitos deles se sentem a vontade em comentar suas fotos no dia seguinte no trabalho. E qual a solução para isso? não poste cada momento de sua vida se você não é um youtuber ou …

Vender: seja na loja Física ou Virtual!

Vender, realmente, é uma arte! Seja a venda física ou virtual cada pessoa que trabalha com comércio ou serviço deve encontrar o que de mais interessante pode passar ao seu cliente! A Diferença está nos Detalhes!

A venda engloba muitas áreas - perceba: um blogueiro, também, é um vendedor; Ele pode nem sempre ter um produto em mãos, porém está vendendo a sua imagem diariamente ou seja lá quantas vezes faz vídeos na semana. Não é necessário ter um objeto em mãos para exercer a venda! Saber os detalhes do produto ou serviço é essencial para alcançar os objetivos. Encante seu Cliente!

A internet trouxe a concorrência para dentro da casa de cada um mas também trouxe a informação para todos! Com ela você pode refletir e observar quem são seus clientes nas mídias sociais, o que eles fazem, quais são seus gostos etc.

Da mesma forma o cliente, também, está mais informado e não se contenta com qualquer informação superficial. Percebi ao longo dos anos trabalhando, que o cliente da loja física p…