Pular para o conteúdo principal

Logística: Brasil e seus novos rumos.

           Sem capacidade gerencial para concretizar investimentos ambiciosos, o governo abraçou a iniciativa privada e anunciou o maior pacote de concessões em rodovias e ferrovias já feito no país, no valor de R$133 bilhões, com a expectativa de impulsionar a economia a partir de 2013.  
          O conjunto de iniciativas inclui apenas duas obras no Paraná, o que gerou reações da administração estadual.

          O choque na infraestrutura foi comparado a um modelo de privatização até por empresários presentes à cerimônia de anúncio do programa, no Palácio do Planalto, mas a presidente Dilma Rousseff não só rejeitou o termo como criticou a venda de estatais ocorrida na gestão do PSDB. "Nós, aqui, não estamos desfazendo de patrimônio público para acumular caixa ou reduzir dívida", disse Dilma, numa referência à privatização de empresas no governo Fernando Henrique Cardoso (1995-2002). "Nós estamos fazendo parceria para ampliar a infraestrutura do país, beneficiar sua população e seu setor privado, saldar uma dívida de décadas de atraso em investimentos de logística, e sobretudo, para assegurar o menor custo logístico possível, sem monopólios."

           Juntamente com o anúncio do pacote de investimentos, o governo informou que os novos empreendimentos do setor ferroviário serão realizados no Modelo de Parcerias Público-Privadas.
Com isso, a estatal Valec, até agora responsável pela construção de novos trechos ferroviários, passará a ser a gestora da malha. O governo não informou, no entanto, o que deve acontecer com os contratos já firmados pela Valec, como é o caso do trecho da Ferroeste entre Maracaju (MS) e Cascavel, no oeste do Paraná. A licitação para a elaboração do estudo de viabilidade técnica, Econômica e Ambiental desse ramal foi anunciada em maio pela estatal, como parte de um investimento de R$13,07 bilhões para as ferrovias do sul. 

          As medidas integram a primeira etapa do programa de investimentos em Logística (PIL), apelidado de "Pac das Concessões". o plano contemplará ainda portos, aeroportos e energia e passará para o setor privado a responsabilidade por obras de infraestrutura nos próximos 30 anos.  Segundo analistas privados, o efeito sobre o desempenho da economia - que neste ano poderá crescer menos de 2% - somente deverá ser sentido de forma plena a partir de 2014, ano da eleição presidencial.  Dilma quer um crescimento na faixa de 4,5% a 5%.

          Dos R$133 bilhões previstos para obras em estradas e ferrovias, mais da metade (R$79,5 bilhões) serão aplicados em cinco anos. O restante (53,56 bilhões) deve ser bancado por empresários em um período de 20 a 25 anos.

Fonte: Brasil Comex


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Chocolate, Vida saudável e Trabalho!

O chocolate por incrível que pareça tem tudo a ver com uma alimentação saudável e balanceada. Confesso que um chocolate após o almoço com cafezinho me deixa mais alerta! Mas o chocolate ao qual me refiro aqui: é o meio amargo e amargo.

Na foto estão os 85% cacau e o, que é melhor ele sacia a vontade de comer chocolate com apenas um quadradinho, pois é bem forte e amargo mesmo!



É só comprar o chocolate 85% cacau e sair comendo ?

Eu escolhi me adaptar aos poucos. fui aumentando o percentual de cacau gradualmente!

Começar com o meio amargo...passar para o 60% cacau...depois 70%... 85% que é amargo mesmo e 99% cacau!

Aqui tem algumas idéias para se adaptar mais fácil com o amargo!

60% cacau é mais fortinho que o meio amargo...e a Hershey's tem algumas opções de sabor...são bem gostosos.


Aqui 70% da cacau show! Mais forte que o anterior!



Aqui 80% cacau da Lindt e da Cacau show!!! Os dois são bons, porém o Lindt tem o preço de importação então é mais caro!

E aqui a realeza! 99% cacau!! …

Oportunidade para Startups

A EDP Starter começa a criar raízes no Brasil!! E elas serão cada vez mais profundas a cada etapa de seleção das novas startups brasileiras!!
Que oportunidade legal hein?! 
As inscrições estão abertas e esperando empreendedores motivados, dispostos a trabalhar muito e com grandes ideias inovadoras!




Eles estão em busca de:
1) Armazenamento de energia: Baterias, Painéis Solares + Armazenamento, Integração Solar e Eólica, Micro-redes, Mobilidade Elétrica, Baterias Domésticas;
2) Inovação Digital: Analytics, API, AI, AR, VR, Big Data, Business Intelligence, Chatbots, Serviços na Nuvem, IoT, Reconhecimento de Imagem, Análise Preditiva, Cyber Segurança;
3) Energias Limpas: Novas Fontes de Energia Renovável, Geração Distribuída, Tecnologias de Geração, Eficiência Energética;
4) Redes Inteligentes: Soluções IoT, Distribuição Bidirecional, Geração Distribuída, Sensorização, Automação e Gestão de Redes, Medição Inteligente, Manutenção de Rede, Tarifa Dinâmica;
5) Soluções com Foco no Cliente: …

Montar lanchinhos práticos em casa

Carregar lanchinhos saudáveis na bolsa é tudo de bom! É importante se organizar para hora que a fome aparecer ter a melhor escolha sempre a mão! Planejar...nem que seja em pensamento a semana é a forma mais eficaz de conseguir manter um bom cardápio alimentar.
Preparar eles em casa é mais barato e mais saudável. As oleaginosas podem ser compradas por quilo nas feiras ou em mercados públicos. Podem ser guardadas em potes separados ou nos saquinhos que foram compradas. Eu guardo separadas em potes com divisórias e vou organizando sempre que preciso em saquinhos pequenos.



Os saquinhos pequenos e o rolo de barbante podem ser encontrados em papelarias ou no próprio mercado público onde estão as oleaginosas. As embalagens ficam com preço super amigável e duram por muito tempo pois são vendidas com 100 unidades ou 50 unidades e o barbante vem com vários metros.


Para uma vida mais saudável o mais importante é ter persistência e insistência, pois os resultados virão sempre a curto, médio e lon…