Pular para o conteúdo principal

Quero receber Newsletter de Danielle SV

* indica obrigatório

Mailchimp intuitivo

Budapeste - Aliança dos Blogs 2/12: Viagem (Prêmio Jabuti)

 


Chegamos na nossa segunda  postagem do ano. A Aliança dos Blogs é uma blogagem coletiva  que acontece uma vez por mês e para isso temos um tema para cada versão e o de Fevereiro é:  Viagem. Para esse tema trouxe o livro: Budapeste que é um romance de Chico Buarque. Escolhi esse romance pois é uma história que oscila entre Rio de Janeiro e Budapeste e que começa com um pouso não previsto em Budapeste que é Capital da Hungria.  A aliança dos blogs é composta por quatro blogs queridos: o meu Danielle SV, Leitor dos Sonhos, MãeLiteratura e Tom Dutra. 

Esse é o terceiro romance de Chico Buarque lançado em 2003 e que recebeu o Prêmio Jabuti de livro do ano na categoria ficção em 2004. O Prêmio Jabuti é o mais tradicional prêmio literário do Brasil concedido pela Câmara Brasileira do Livro (CBL). É um livro que me chamou atenção porque parece mais "leve" que os outros do mesmo autor que já li - poderia dizer até menos opressor.  Se você já leu me conta aqui quais as suas percepções. No final do texto, para facilitar, vou deixar o link da Amazon para que você possa adquirir o livro.

Segue o pequeno texto que está na capa do livro:

"Fui dar em Budapeste graças a um pouso imprevisto, quando voava de Istambul a Frankfurt, com conexão para o Rio. A companhia ofereceu pernoite num hotel do aeroporto, e só de manhã nos informariam que o problema técnico, responsável por aquela escala, fora na verdade uma denúncia anônima de bomba a bordo. No entanto, espiando por alto o telejornal da meia-noite, eu já me intrigara ao reconhecer o avião da companhia alemã parado na pista do aeroporto local. Aumentei o volume, mas a locução era em húngaro, única língua do mundo que, segundo as más línguas, o diabo respeita. Apaguei a tevê, no Rio eram sete da noite, boa hora para telefonar para casa; atendeu a secretária eletrônica, não deixei recado, nem faria sentido dizer: oi, querida, sou eu, estou em Budapeste, deu um bode no avião, um beijo."

O Livro é composto dos seguintes capítulos:

a -  Devia ser proibido
b - No caso das crianças
c -  Eu nunca tinha visto
d - Havia nevascas
e - Grande Senhor
f - Ao som de um mar
g - Escrito aquele livro


Depoimentos que estão na orelha do livro:

Budapeste, no exato momento em que termina, transforma-se em poesia. José Miguel Winsnik

Chico Buarque ousou muito, escreveu cruzando um abismo sobre um arame e chegou ao outro lado. Ao lado onde se encontram os trabalhos executados com maestria, a da linguagem, a da construção narrativa, a do simples fazer. Não creio enganar-me dizendo que algo novo aconteceu no Brasil com este livro. José Saramago (Folha de S. Paulo)

Talvez o mais belo do três livros da maturidade de Chico, Budapeste é um labirinto de espelhos que afinal se resolve, não na trama, mas nas palavras, como os poemas. Caetano Veloso (O Globo)

O livro de Chico é uma vertigem. Você é sugado pela primeira linha e levado ao estilo falso-leve, a prosa depurada e a construção engenhosa até sair no fim lamentando que não haja mais, assombrado pelo sortilégio deste mestre de juntar palavras. Literalmente assombrado. Luis Fernando Verissimo (O Globo)

À maneira dos relatos de Cortázar ou das narrativas do Borges de Ficções, [em Budapeste,] cada vez mais, narrar e ser narrado confundem-se, como se confundem autor e personagem, criador e criatura. Beatriz Resende (Jornal do Brasil)

A sobriedade de sua escrita permite à história desenrolar-se como que por si só, algo raro nesses dias de rebuscamentos afetados que encobrem a falta do que contar. Chico Buarque não precisa de tais recursos pois tem uma história a contar e sabe fazê-lo. Nelson Ascher (Folha de S. Paulo)


Acima os temas do ano de 2023 da nossa Aliança dos Blogs! Para que você possa nos acompanhar e sugerir títulos de livros. Qual livro eu devo ler esse ano? deixa nos comentários. Vou adorar saber sua sugestão.

Como prometi, segue o link da Amazon para que você possa adquirir o livro! O Blog é parceiro da Amazon então se você compra o livro pelo link que indico aqui você está colaborando com o conteúdo do blog:






Lembre de passar nos blogs amigos para conferir outros bons títulos sobre o tema por lá:


"Recentemente eu fiz uma viagem para a Itália e, durante a preparação, comprei um guia de viagem do país. Na hora não pensei muito no assunto, só achei que seria uma forma interessante de se pesquisar informações que poderiam ajudar na organização do itinerário que estávamos montando por conta própria. Mas depois, a medida que fomos planejando, comecei a me questionar: será que valeu a pena ter comprado esse guia?"


Hoje é dia da nossa Blogagem Coletiva Aliança dos Blogs!  O tema deste mês é viagem. Existem formas diferentes de viajar e a leitura, com certeza é uma delas. Selecionei cinco livros que me fizeram viajar muito através das leituras. Te convido para conferir a lista com as minhas cinco indicações de "livros viajantes".


Chegou a hora da Blogagem Coletiva, aquela hora em que eu e meus amigos da Aliança dos Blogs escolhemos um tema em comum para fazer postagens, cada um do seu jeito! O tema de fevereiro é "Viagem" e eu escolhi uma viagem bem diferente e emocionante que me conquistou assim que eu coloquei os olhos nela, trata-se da animação "A Fantástica Viagem de Marona", confiram lá!




Posts Relacionados


Sabia que aqui no blog tem mais de 100 títulos que já li e gostei?


Quais assuntos e ou livros você gostaria de ver por aqui? Escreve aqui embaixo ou me manda nas redes sociais:

No Instagram: @svdanielle

No Facebook: @svdanielle (Promoções e informações)

No Facebook: @sobremarmita (Receitas saudáveis, reflexões, produtos e livros)

No Facebook: @dsegundamao (Sustentabilidade)

Bom trabalho!



Comentários

  1. Oi Dani
    Ótima dica. Eu ainda não li, mas este é um livro muito elogiado
    Fiquei curiosa
    Adoro a nossa parceria nesta BC. Bjs e até o mês que vem

    ResponderExcluir
  2. Que indicação chique, Dani! Achei o tema dessa mês super legal.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigada pelo seu comentário!
Felicidades!

Postagens mais visitadas deste blog

Regras para geladeira coletiva (Material de apoio exclusivo na Loja)

  1 - Lembre que ela é coletiva e não apenas sua:  Os bons hábitos de higiene e limpeza devem prevalecer em uma geladeira coletiva . Mas se você não tem bons hábitos de higiene e limpeza não se preocupe: sempre é tempo de aprender. Os relacionamentos melhoram quando todos respeitam o ambiente coletivo. 2- Armazene os seus alimentos em um espaço específico dentro da geladeira. Um alimento em cada canto, não: ok? Uma maçã em uma prateleira, um pote em outra e a garrafinha em outra: não é prático. Se todos os alimentos estiverem concentrados apenas em um canto da geladeira será mais fácil administrar a validade deles. 3 - Consuma apenas o que é seu!  Pode parecer estranho para alguns essa colocação mas para outros não! É muito comum uns consumirem os lanches dos outros sem permissão? Sim! Não deveria ser assim? Não! Mas sempre é tempo de aprender e ter atitudes melhores . Principalmente, na geladeira coletiva da empresa.  4 - Derramou algo? no mesmo momento: limpe. Cada um deve limpar

Regras para uso de geladeira coletiva? (Material de apoio exclusivo na Loja)

Tenho geladeira coletiva na empresa, precisa ter regras? Sim! As regras, por alguns motivos, são muito  importantes - aqui destaco dois deles: 1)  a cultura da empresa deve estar em todos os lugares (Regras fazem parte da cultura empresarial) e 2) para o bom andamento de qualquer atividade coletiva deve existir regras. Preferencialmente, que as regras sejam postas antes de começar "o jogo" para que todos entendam como devem se comportar. Ter um Guia de uso na porta da geladeira coletiva da empresa ou próximo a ela será útil.  Utensílios que estão à disposição de várias pessoas devem ter regras de uso e higiene caso contrário cada um agirá da forma que faz em casa. E dessa maneira não funciona pois cada ambiente deve ter suas próprias regras e que sejam para todos, principalmente, os ambientes profissionais . Sem regras: um ambiente como a cozinha pode ser um estopim para desavenças e essas desavenças, geralmente, acabam se estendendo para atividades do cotidiano de trab

Geladeira coletiva da empresa: não deixe comida velha!

Assunto que pode parecer um pouco estranho para alguns - já para outros nem tanto! É muito comum, inclusive, as empresas abolirem a geladeira em virtude dos maus hábitos dos colaboradores. Se você é a pessoa que esquece comida dentro da geladeira e nunca mais lembra até criar mofo: anote na agenda uma vez por semana fazer uma limpa ou melhor tenha um dia especial para fazer a limpeza em seus alimentos. Quem sabe todas as sextas-feiras, assim, não fica comida ruim na geladeira no final de semana. A geladeira da empresa é um utensílio coletivo que deve ser tratado com educação e cuidado por todos. Deixar os alimentos envelhecerem dentro dela é o verdadeiro descaso com o resto dos colegas. Não espere que um colega lhe avise que tem algo ruim seu na geladeira. A responsabilidade por manter limpo o que usa é de cada um. Assuma as responsabilidades que são suas e evite estresses desnecessários com os colegas ou com os superiores. Ambiente coletivo todos devem ser colaborativos