Pular para o conteúdo principal

Exportar é o que importa?

          Vamos tentar entender um pouquinho do porque um país exporta...



            “Exportar é o que importa” – frase da época do governo Médici (década de 70) - era uma das metas de crescimento (forçado) expansionista.
                         Exportar significa que o país está fazendo negócios com outros países e isso é bom, porém vender mercadorias para outro país requer uma negociação... comprar mercadorias desse país, porém a importação afeta o setor interno. Para vender para outros países é necessário que o bem seja competitivo financeiramente para isso o real deve estar mais barato em relação às outras moedas (depreciação da moeda) e com isso a demanda por bens produzidos no Brasil irá aumentar. Se o país ganha mais do que gasta teremos um superávit no balanço de pagamentos portando fortalece o PIB. Porém se o real está desvalorizado a outra moeda está mais cara portando importaremos menos. Por outro lado mais reais serão disponibilizados (os empresários pedem mais empréstimos para financiar sua expansão produtiva) os bancos oferecem empréstimos a taxas atrativas e assim é atendida a demanda externa. Enquanto isso os preços internos seguem iguais e os empresários lucrando. No entanto, os brasileiros terão menos bens importados para uma mesma quantidade exportados com isso está entrando mais dólares e o país está ficando mais pobre em riqueza real (bens e serviços necessários para manter o padrão de vida da população). Com o tempo os bens internos irão ficar mais caros, pois a competitividade das importações não existe mais. E os empresários voltam a sofrer com o crescimento manipulado.
           Aumentar as taxas de importação e as barreiras - significa aumentar a arrecadação, com isso aumenta os gastos públicos (arrecada mais, gasta mais), diminui a carga tributária (pois o governo está arrecadando de outro lado), com a carga tributária menor – estimula o consumo e os investimentos para desenvolvimento -  com investimentos maiores – teremos mais produção e mais excedente, portanto mais exportações (elevando a demanda externa dos produtos). Incentivando a produção nacional (o produto importado que concorra com o nacional tem o valor elevado em função do imposto) – mais empregos – mais dinheiro no bolso – mais consumo. Porém...parcimônia... porque um ciclo pode levar a outro. Com a Inflação baixa (tem bastante oferta e os preços estão baixos), mais empréstimos são feitos, com muito empréstimo, aumenta os juros, as pessoas começam a não ter como pagar e se endividar (aumenta o endividamento) – crise.

 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Chocolate, Vida saudável e Trabalho!

O chocolate por incrível que pareça tem tudo a ver com uma alimentação saudável e balanceada. Confesso que um chocolate após o almoço com cafezinho me deixa mais alerta! Mas o chocolate ao qual me refiro aqui: é o meio amargo e amargo.

Na foto estão os 85% cacau e o, que é melhor ele sacia a vontade de comer chocolate com apenas um quadradinho, pois é bem forte e amargo mesmo!



É só comprar o chocolate 85% cacau e sair comendo ?

Eu escolhi me adaptar aos poucos. fui aumentando o percentual de cacau gradualmente!

Começar com o meio amargo...passar para o 60% cacau...depois 70%... 85% que é amargo mesmo e 99% cacau!

Aqui tem algumas idéias para se adaptar mais fácil com o amargo!

60% cacau é mais fortinho que o meio amargo...e a Hershey's tem algumas opções de sabor...são bem gostosos.


Aqui 70% da cacau show! Mais forte que o anterior!



Aqui 80% cacau da Lindt e da Cacau show!!! Os dois são bons, porém o Lindt tem o preço de importação então é mais caro!

E aqui a realeza! 99% cacau!! …

Oportunidade para Startups

A EDP Starter começa a criar raízes no Brasil!! E elas serão cada vez mais profundas a cada etapa de seleção das novas startups brasileiras!!
Que oportunidade legal hein?! 
As inscrições estão abertas e esperando empreendedores motivados, dispostos a trabalhar muito e com grandes ideias inovadoras!




Eles estão em busca de:
1) Armazenamento de energia: Baterias, Painéis Solares + Armazenamento, Integração Solar e Eólica, Micro-redes, Mobilidade Elétrica, Baterias Domésticas;
2) Inovação Digital: Analytics, API, AI, AR, VR, Big Data, Business Intelligence, Chatbots, Serviços na Nuvem, IoT, Reconhecimento de Imagem, Análise Preditiva, Cyber Segurança;
3) Energias Limpas: Novas Fontes de Energia Renovável, Geração Distribuída, Tecnologias de Geração, Eficiência Energética;
4) Redes Inteligentes: Soluções IoT, Distribuição Bidirecional, Geração Distribuída, Sensorização, Automação e Gestão de Redes, Medição Inteligente, Manutenção de Rede, Tarifa Dinâmica;
5) Soluções com Foco no Cliente: …

Montar lanchinhos práticos em casa

Carregar lanchinhos saudáveis na bolsa é tudo de bom! É importante se organizar para hora que a fome aparecer ter a melhor escolha sempre a mão! Planejar...nem que seja em pensamento a semana é a forma mais eficaz de conseguir manter um bom cardápio alimentar.
Preparar eles em casa é mais barato e mais saudável. As oleaginosas podem ser compradas por quilo nas feiras ou em mercados públicos. Podem ser guardadas em potes separados ou nos saquinhos que foram compradas. Eu guardo separadas em potes com divisórias e vou organizando sempre que preciso em saquinhos pequenos.



Os saquinhos pequenos e o rolo de barbante podem ser encontrados em papelarias ou no próprio mercado público onde estão as oleaginosas. As embalagens ficam com preço super amigável e duram por muito tempo pois são vendidas com 100 unidades ou 50 unidades e o barbante vem com vários metros.


Para uma vida mais saudável o mais importante é ter persistência e insistência, pois os resultados virão sempre a curto, médio e lon…