Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2012

Irã

Irã será questão central do próximo mandato, diz Netanyahu em Israel. Candidato do Likud é favorito a obter novo mandato em 22 de janeiro. Teerã é "clara ameaça", disse premiê em entrevista à tv.

          A "clara ameaça nuclear" que o Irã representa para Israel será o foco principal do governo do primeiro ministro Benjamin Netanyahu, caso ele seja reeleito daqui a um mês, disse o líder israelense no sábado (22).

          Netanyahu  estabeleceu uma linha uma "linha vermelha" para meados de 2013, para lidar com o projeto de enriquecimento de urânio no irã. O ocidente afirma que esse programa destina-se a desenvolver meios para construir a bomba atômica. Teerã nega isso, dizendo que está enriquecendo urânio para energia civil.

          "Impedir que o Irã se torne uma ameaça nuclear é, eu diria, o principal objetivo do meu próximo mandato, se eu ganhar a confiança dos eleitores ", disse Netanyahu em uma entrevista gravada para o Canal …

Black Friday no Brasil

Americanas.com liderou vendas na "Black Friday" no Brasil, diz comScore em segundo lugar ficou o Ponto Frio, seguido por Casas Bahia e Walmart. Gasto no "Black Friday"no país foi 368% maior a um dia normal.

          O site Americanas.com pertencente a B2W, liderou as vendas em receita durante a versão brasileira do "Black Friday", ação promocional originária no varejo americano, realizada no dia 23 de novembro, de acordo com o levantamento da consultoria comScore.

          Em seguida, aparecem na lista, os sites do Ponto Frio (do grupo Via Varejo), Casas Bahia, Walmart, Submarino, também da B2W, Magazine Luiza e Netshoes.

          A comScore apontou que o gasto total no "Black Friday" brasileiro foi 368% maior em relação em um dia normal de compras na internet em novembro. O volume de consumidores foi 185% superior à media para o mês, e os gastos, 64% mais altos que o normalmente registrado em novembro.

          O "Black Frid…

Brasil Promulga adesão da Venezuela ao Mercosul

Um decreto presidencial promulgou nesta sexta-feira 07/12 a adesão da Venezuela ao Mercosul, conforme acordo firmado em 2006. A decisão foi publicada no Diário Oficial da União e dá quatro anos para que o novo membro adote a Tarifa Externa Comum (TEC) e a Nomenclatura Comum do Mercosul. Como presidente pro tempore do Bloco, coube ao Brasil fazer a publicação.
          O decreto cria também um grupo de trabalho formado por representantes dos países que fazem parte do bloco, que desenvolverá as tarefas previstas no Protocolo de Adesão. Esse grupo deverá se reunir em até 30 dias e terá mais 180, a partir da data do encontro, para executar suas funções.
          A adesão da Venezuela aumenta a população do Mercosul para 270 milhões de habitantes, cerca de 70% da população da América do Sul. O Produto Interno Bruto (PIB) do bloco passa a ser de US$3,3 trilhões, aproximadamente 83,2% do PIB sul americano.
          A Venezuela vai acelerar o processo de incorporação das normativ…

Chapéu!

Exportações diárias de carne

Aumentam em outubro

            Na comparação com o ano passado, os embarques de suínos registraram o maior aumento, de 28,3% no valor e 42,6% na quantidade

          O Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio (MDIC) divulgou no dia 08/10 que as exportações diárias de carne bovina, suína e de frango aumentaram na primeira semana de outubro.
          Na comparação com outubro do ano passado, as exportações diárias de carnes in natura ganharam destaque. Os embarques de bovinos chegaram a 4,6 mil toneladas, resultando em US$ 22,6 milhões - altas de 15% e 24,3%, respectivamente. As de frango obtiveram elevações de 9,8% sobre o volume e ,8% sobre o valor. Mas os maiores índices positivos do segmento foram das suínas, de 28,3% no valor e 42,6% na quantidade.
         Já a soja em grão apresentou alta de 2,1%, atingindo US$37,8 milhões. A quantidade de embarques caiu 16%, o que resultou no aumento de 21,6% do preço médio, indo para US$636,6 por tonelada. O farelo de soja e óleo b…

Exportações para países árabes

Exportações para países árabes chegam a US$9 bilhões de dólares
          Volume corresponde ao comércio entre janeiro e setembro deste ano; setor de carnes espera aumentar em 5 vezes os embarques nos próximos dez anos. A Câmara de Comércio Árabe-Brasileira (CCAB) e o jornal Valor Econômico promoveram na quarta-feira 17/10, em São Paulo, o seminário "Perspectivas das relações econômicas entre o Brasil e os países árabes". O evento reforçou o papel dos países árabes, espalhados entre o norte da África e o Oriente Médio, como parceiros comerciais. Segundo a CCAB, no ano passado o Brasil exportou US$25 bilhões para países árabes, valor quatro vezes maior do que o registrado há dez anos. A importância do agronegócio brasileiro também foi discutida, já que carne e açúcar representam 50% de tudo o que é exportado para esses países.           O ex-secretário da Agricultura de São Paulo e atual vice-presidente de relações institucionais da Marfrig, João Sampaio, disse que agronegóc…

Incoterms

São termos internacionais de comércio, propostos pela Câmara de Comércio Internacional - CCI, com o objetivo de facilitar o comércio entre vendedores e compradores de diferentes países.
          A primeira edição foi em 1936 e, de tempos em tempos, a CCI publica novas versões, de modo a refletir as mudanças nas práticas de comércio. A mais recente publicação é de 2010, para vigorar a partir de  1º de janeiro de 2011. Atualmente existem 11 termos, divididos em dois grupos: termos para utilização em operações que serão transportadas pelos modais aquaviários (marítimo, fluvial ou lacustre) e termos para operações transportadas em qualquer modal de transporte, inclusive transporte multimodal.

          A publicação anterior, de 2000 apresentava 13 termos. As principais modificações nesta nova versão são:

- no termo FOB, a "entrega" (de vendedor para o comprador) ocorre no momento em que as mercadorias estiverem a bordo do navio no porto de embarque. Na versão 2000 a &…

Apresentações em público:como atrair as atenções?

Um professor, que considero de extrema didática, repassou-nos esse vídeo. Com duração de 35 min que nem sentimos.


Viver não dói

Viver não dói! Definitivo, como tudo o que é simples. Nossa dor não advém das coisas vividas, mas das coisas que foram sonhadas e não se cumpriram. Por que sofremos tanto por amor? O certo seria a gente não sofrer, apenas agradecer por termos conhecido uma pessoa tão bacana,  que gerou em nós um sentimento intenso e que nos fez companhia por um tempo razoável, um  tempo feliz. Sofremos por quê? Porque automaticamente esquecemos  o que foi desfrutado e passamos a sofrer pelas nossas projeções irrealizadas, por todas as cidades que gostaríamos de ter conhecido ao lado do nosso amor  e não conhecemos, por todos os filhos que gostaríamos de ter tido juntos e não tivemos,  por todos os shows e livros e silêncios que gostaríamos de ter compartilhado,  e não compartilhamos. Por todos os beijos cancelados,  pela eternidade. Sofremos não porque nosso trabalho é desgastante e paga pouco, mas por todas as horas livres que deixamos de ter para ir ao cinema,  para conversar com um amigo, para nad…

20 Setembro

Homenagem a todos os Gaúchos.


20 Setembro!

Secex lança sistemas de informações sobre acordos comerciais

A Secretaria de Comércio Exterior (Secex) do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) lançou, no auditório do edifício sede, o sistema de consulta aos Acordos de Preferência Tarifária (Capta).

          O objetivo do novo sistema é dar conhecimento sobre as preferências tarifárias que o Brasil recebe ou concede nos acordos comerciais. As preferências tarifárias indicam a redução percentual no imposto de importação em relação à tarifa aplicada.

          A Secretária de Comércio Exterior do MDIC, Tatiana Lacerda Prazeres, disse que "o Capta se soma às ferramentas de informação de comércio exterior do Ministério, oferecidas com qualidade e transparência, já conhecidas e bastante utilizadas pelos operadores, como o Alice Web, o Radar Comercial e o Vitrine do Exportador".

          Para Tatiana, "o sistema dará conhecimento sobre vantagens comerciais de forma simples", considerou. Antes do Capta, a única fonte de informação disponív…

Livro: Design Thinking Brasil

Para quem já ouviu falar ou nunca ouviu falar em Design Thinking esse é um ótimo livro para entender um pouco mais da dinâmica dele dentro das equipes e sua utilidade. O Design Thinking não é uma profissão e sim uma ferramenta de gestão e nessa obra é possível compreender com muita didática sua utilidade e quem a coloca em prática.


Um detalhe que achei muito atual do livro é que nele possuem alguns QR codes com material que complementa a leitura. É um livro para líderes e equipes, que usam e gostam de ferramentas para melhorar o desempenho de todos. É um livro atual, jovem e cheio de conteúdo que estimula a cooperação e o trabalho em equipe.
Importante: Essa tarja branca que tem na primeira foto é porque o livro foi um empréstimo de uma biblioteca e ali estão os dados deles.


Livro: Design Thinking Brasil: empatia, colaboração, e experimentação para pessoas, negócios e sociedade Autor: Tennyson Pinheiro, Luis Alt em parceria com Felipe Pontes Editora: Alta Books Editora Número de pág…

Frank Sinatra

Timoneiro: nº65

Leite

Santa Catarina é líder nacional de crescimento na industrialização de leite. Custo competitivo faz Estado crescer 13% no processamento do produto nos últimos cinco anos.

           Com a atual quinta posição no ranking nacional da indústria de laticínios, participando com 8% no total do leite produzido no país, Santa Catarina foi o Estado que mais cresceu na industrialização de leite nos últimos cinco anos. O Estado consolidou-se como o sexto do país em participação na industrialização dos laticínios (8,2%).

          De 2007 a 2011, enquanto o ritmo de avanço da industrialização do leite no Brasil foi de 5,5% ano ano, Santa Catarina registrou crescimento de 13% ao ano, o mesmo período, segundo a Leite Brasil. O índice de aumento superou o desempenho dos principais estados na produção de leite, como Paraná (11,6% ao ano), Rio Grande do Sul (7,2%), São Paulo (3,8%), Minas Gerais (3,6%) e Goiás (1,4%).

          Segundo dados de 2010 do instituto Brasileiro de Geografia e Esta…

Perfume: mitos e verdades!

Café

Café alcança os 50,48 milhões de sacas e pode ter safra record em 2012

          Investimentos dos produtores nas lavouras e ano de alta produção contribuíram para o bom desempenho, de acordo com o levantamento da Conab.
          O resultado é do terceiro levantamento realizado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) e divulgada na quinta-feira dia 06/09, em Brasília. O volume representa um crescimento de 16,1% se comparado com a safra anterior que foi de 43,48 milhões de sacas de 60kg. O crescimento é atribuído ao ano de alta bienalidade e o investimento realizado pelo produtor na lavoura.

          Confirmada a expectativa, esta será a maior safra produzida no país, superando até mesmo o recorde anterior de 48,48 milhões de sacas, do período 2002/2003. Em comparação com a safra de 2010, último ano de ciclo positivo, a produção é 4,96% maior.

          O café da espécie arábica, com uma produção estimada em 37,95 milhões de sacas, representa em média 75,2% da prod…

Novo Mundo das Cervejas

Segundo os estudos internacionais, todos os anos são consumidos no planeta mais de 182 milhões de litros de cerveja, o equivalente a 547 petroleiros lotados de barris de cerveja ou a 7280 piscinas olímpicas. No universo das bebidas, só a água e o chá batem a cerveja em termos de popularidade. Grande parte dessa proeza é conseguida à custa da China que já é responsável por mais de um terço do consumo mundial: só em 2010, os chineses ingeriram 44,7 bilhões de litros, quase o dobro dos Estados Unidos, o segundo maior consumidor de cerveja do mundo. Por isso não é de se estranhar que a China produza também a cerveja mais popular no planeta: com vendas anuais superiores a 6,1 bilhões de litros, a Snow Beer, produzida pela CR Snow, uma joint-venture entre a China Resources Enterprises e a SABMiller, que ultrapassa as vendas de marcas globais como a Budweiser, Corona ou Heineken. No entanto, a quase totalidade da produção da Snow Beer é consumida em território Chines.

          Mer…

Brasil entra no Top 50 de competitividade

O Brasil entrou em 2012 pela primeira vez no grupo das 50 nações mais competitivas do mundo, de acordo com o Relatório Global de competitividade, que será divulgado pelo Fórum Econômico Mundial.

          O País passou da 53º posição, em 2011, para a 48º neste ano. Em dois anos, o salto foi de dez posições.

          O estudo é feito desde a década de 1970, mas o Brasil só foi incluído em 1995.

          Ao mesclar dados econômicos e a opinião de empresários, o relatório tenta medir em quais pontos os países deixam de ser eficientes em relação aos outros.

          "Competitividade não é crescimento da economia, mas as condições mas crescer de forma igualitária", afirma Carlos Arruda, coordenador do núcleo de inovação da Fundação Dom Cabral, responsável, ao lado do Movimento Brasil Competitivo (MBC), pelo estudo no Brasil.

          Segundo Arruda, a posição ideal para o porte econômico brasileiro, considerando todos entraves regulatórios, seria entre os 30 primeir…

Vendas no varejo da zona do euro voltam a cair em julho

As vendas no varejo na zona do euro registraram queda em julho, interrompendo dois meses seguidos de ganhos à medida que os volumes caíram, de acordo com estatísticas divulgadas nesta quarta-feira.

          De acordo com o escritório de estatística da união Europeia (Eurostat), o volume do comércio varejista diminuiu 0,2% no mês, em relação a junho. Os principais responsáveis pela queda são os setores de alimentação, bebidas e combustíveis.

          O resultado veio em linha com as expectativas dos economistas consultados pela agência de notícias Reuters, mas a leitura anual foi pior do medido pelos analistas. Em comparação com julho do ano passado, houve redução de 1,7% sendo que a expectativa era de 1,5%.

           "A tendência mais fraca nos gastos dos consumidores é principalmente por causa do declínio das rendas reais disponíveis, refletindo uma renda trabalhista menor, medidas de austeridade fiscal e inflação mais alta", afirmou o economista do JP Morgan …

Algodão pelo Mundo

O algodão está entre as mais importantes culturas de fibras no mundo. Todos os anos, uma média de 35 milhões de hectares de algodão é plantado por todo o planeta. A demanda mundial tem aumentado gradativamente desde a década de 1950, a um crescimento anual médio de 2%.

          O comércio mundial de algodão movimenta anualmente cerca de US$ 12 bilhões e envolve mais de 350 milhões de pessoas em sua produção, desde as fazendas até a logística, o descaroçamento, o processamento e embalagem.

          Atualmente, o algodão é produzido por mais de 60 países, nos cinco continentes - China, Índia, Estados Unidos, Paquistão e Brasil - despontam como os principais produtores da fibra.

Fonte: Abrapa

Balança Comercial: Agosto

Em entrevista coletiva hoje para comentar os dados da balança comercial brasileira do mês de agosto, o secretário executivo do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), Alessandro Teixeira, disse que o "cenário externo está adverso" ao aumento das exportações por conta da crise econômica internacional. Ele, contudo, considerou que o comércio exterior brasileiro enfrenta melhor essa fase da crise.

          "De 2008 para 2009, as exportações brasileiras caíram 23%, durante a primeira parte da atual crise. Agora, estamos com um nível de exportações bem melhor que estávamos na época, do ponto de vista de resultados", avaliou Teixeira. O secretário ainda declarou que o governo irá se esforçar para manter, em 2012, o mesmo patamar das exportações verificado em 2011, de US$ 257 bilhões, e que poderá rever a meta atual para o ano de US$ 264 bilhões, dado que essa poderá não ser cumprida.

          A secretária do Comércio Exterior do M…

Timoneiro: nº64

Panorama do Comércio Internacional de Serviços 2012

O comércio exterior de serviços no Brasil tem apresentado historicamente déficits crescentes na conta de serviços do balanço de pagamentos. Entre 2007 e 2011, o deficit brasileiro na conta de serviços cresceu 202% e, diferentemente do comércio exterior de bens e mercadorias, caracteriza-se de informações detalhadas, o que compromete a visibilidade econômica do setor, a consecução de políticas públicas efetivas (nos campos comercial, tributário, cambial, de garantia e financiamentos), as negociações internacionais em serviços e a disponibilidade de inteligência mercadológica para empreendedores. Essa carência de informações acuradas dificulta, ainda, a aferição dos resultados das políticas públicas voltadas para o setor terciário.

          Consciente dessa realidade, a Secretaria de Comércio e Serviços (SCS), do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), tem trabalhado ativamente para ampliar as fontes de informações sobre o comércio exterior de ser…

Balança Comercial de Agosto

O Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) divulga nesta segunda-feira  (03/09) os dados da balança comercial do mês de agosto e os números da última semana do mês. As informações preliminares estarão disponíveis no site do Ministério às 15hs. Às 15:30, haverá entrevista coletiva no auditório do MDIC para comentar os resultados.

Fonte: MDIC

Livro:O Exportador 6º edição

"Este livro não fala de estratégia e da burocracia administrativa, mas explica ao empresário o que ele tem que fazer para se preparar para exportar".


Boa Leitura!

Competitividade: Brasil

Não seremos um país justo se não formos capazes de ser um país competitivo, afirma Dilma.

          A Presidenta Dilma Rousseff, na abertura da 39º reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES), que o Brasil só será um país justo quando for capaz de ser um país competitivo. Segunda ela, melhorar a competitividade do país significa garantir mais emprego e aumento de renda para os brasileiros.

          "Elevar a competitividade é condição para que a gente, de forma sustentável, os níveis de emprego, de renda, a prestação de serviços sociais de qualidade a todos os brasileiros e brasileiras. Nem sempre a competitividade significa isso, mas é impossível ter isso sem competitividade. Nós não seremos um país justo se não formos capazes de ser um país competitivo", afirmou.

         A Presidenta disse que todas as medidas tomadas pelo governo para aumentar o nível de investimento e reduzir o custo do país têm um sentido de longo prazo. Segundo ela, é n…

Estudo avalia implantação da logística reversa de eletroeletrônicos no Brasil.

Os 150 maiores municípios brasileiros- a maioria nas regiões Sudeste e Sul - são responsáveis por aproximadamente dois terços de todo o lixo eletrônico que se estima seja descartado no país, o que diminui os custos para a implantação do sistema de logística reversa previsto pela Política Nacional de Resíduos Sólidos. A avaliação é do coordenador do Grupo Técnico de Logística Reversa de Eletroeletrônicos, Alexandre Comin, que também é diretor de competitividade do Ministério do desenvolvimento, indústria e Comércio Exterior (MDIC).

          A informação consta de versão preliminar de estudo de viabilidade técnica e econômica da logística reversa de eletroeletrônicos encomendado pelo MDIC, e pela Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), que norteará a implantação da política de reciclagem e destinação adequada de resíduos eletroeletrônicos no país. Entre outros pontos, o levantamento avalia o custo de implantação do sistema e a divisão de responsabilidades en…

Vendas de Acessórios: New York Times

Há dez anos, os alunos de moda queriam imitar acima de tudo estilistas como Marc Jacobs, Diane Von Furstenberg e Michael Korbs.

          Atualmente, os exemplos a serem seguidos incluem Rebecca Minkoff, Pamela Amor ou Brian Atwood - todos eles designers de acessórios.

           Em meio a estagnação econômica, "o negócio de acessórios está mais saudável do que o setor de vestuário", disse Marshal Cohen, analista-chefe de varejo do NPD Group. " A moda feminina a 18 meses opera com números negativos. Nos últimos seis meses, os acessórios estão 2% acima em relação aos 12 meses anteriores. Pode não parecer muito, mas no setor de moda isso é ótimo".Sapatos, malas, pequenos artigos em couro e óculos estão indo especialmente bem, acrescentou ele.

          Clara Yoo, designer-chefe de bolsas e acessórios da Limited Brands, formou-se em 2008 pela Parsons New School for Design, em Nova York. "Quando eu fiz disciplinas de design de acessórios lá, havia cinco …

Taxa de Sobrevivência,das empresas, no Rio Grande do Sul, é a terceira mais alta do País.

Quase metade das empresas fecha antes do terceiro ano de vida, diz IBGE.

          Após três anos de entrada no mercado, 48,2% das empresas não sobrevivem, divulgou nesta Segunda-feira o Instituto Brasileiro de Estatística e Economia (IBGE). O levantamento sobre a Demografia das empresas em 2010 aponta os movimentos de entrada e saída das empresas, tempo de sobrevivência e classifica quais apresentaram um aumento médio de pessoal ocupado assalariado entre 2007 e 2010. As empresas avaliadas estão no Cadastro Central de Empresas (CEMPRE), do IBGE.

          Do total das 464,7mil empresas que apareceram pela primeira vez em 2007, 76,1% sobreviveram em 2008, 61,3% até 2009 e 51,8% até 2010. Depois de três anos de entrar no mercado, 48,2% das empresas não sobreviveram. Dentre as atividades que apresentaram as mais altas taxas de sobrevivência nos três anos observados estão a saúde humana e serviços sociais (61,4%), eletricidade e gás (60,8%), esgoto, atividades de gestão de resí…

Timoneiro: nº 63

Otimismo do empresário têxtil e de vestuário cresce em agosto.

A confiança do empresário subiu para os industriais têxteis de 51,2 pontos para 51,9 pontos, em agosto, com relação ao mês anterior. Já os industriais de vestuário acusaram aumento de 54,4 pontos para 56,1 pontos, no mesmo período. As informações são do índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI), divulgado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) no dia 16 agosto. Os indicadores variam de 0 a 100, sendo que os valores acima de 50 pontos indicam condição melhor ou expectativa otimista e abaixo, falta de confiança.

          Após forte queda em julho frente a junho, a confiança do empresário da indústria brasileira cresceu 1,2 ponto em agosto sobre o mês anterior, atingindo 54,5 pontos. Mesmo com esse aumento, o otimismo dos industriais neste mês está 1,8 ponto abaixo do registrado em agosto do ano passado. As expectativas dos empresários sobre o futuro continuam positivas: o componente do ICEI, que capta as perspectivas dos empresários para os próximos seis mese…

Apex-Brasil - maior feira de orgânicos.

Parceria entre a Apex-Brasil e o IPD promoverá participação brasileira na maior feira do setor de alimentos orgânicos na costa leste dos Estados Unidos.
Projeto Organics Brasil espera que ação aumente exportação das 74 empresas que participam da iniciativa.

          A maior feira de orgânicos do leste americano, a All Things Organics - Biofach America, que será realizada em Baltimore entre os dias 20 e 22 de setembro, vai reunir mais de 20 mil compradores dos mercados das três Américas, Ásia e Europa. O Projeto Organics Brasil vai participar do evento, pelo sétimo ano consecutivo, com perspectivas de aumentar a exportação do grupo de 74 empresas que participam do projeto.

          Nos Estados unidos, o segmento de orgânicos fechou 2011 com movimento de US$31,5bilhões. O crescimento do mercado americano se consolida, pois existe um forte apelo na demanda de vida saudável.

          "O mercado interno cresce de forma consistente e positivamente nos últimos 10 anos, resu…

Exportação da Indústria da Moda Brasileira

O Potencial de Mercado da Moda
          O estilo brasileiro no mercado Internacional.
          A moda brasileira está se fortalecendo no exterior. Essa tendência pode ser conferida graças ao talento e a união inédita entre empresários, produtores, estilistas, modelos e demais profissionais desta cadeia produtiva.
          Atualmente, é possível observar o sucesso crescente, o reconhecimento e o prestígio dos talentos brasileiros a cada novo desfile nas principais capitais da moda como Milão, Londres, Paris, Nova York e nas feiras e eventos em todo o mundo. Destaques que colocam a indústria da moda brasileira entre as melhores e mais relevantes nos principais centros internacionais.
         O setor têxtil e de confecções possui um grande destaque no conjunto da economia nacional. Em 2007, participou com 4,7% do PIB nacional e ofereceu emprego direto a 1,5milhões de pessoas.
          Se considerado somente o PIB industrial, este índice sobe para 13,5%, contribuindo com uma receita…

Tute!

Muy Bueno!

Seca faz RS cair para Quinto maior Estado Exportador do País

Perdendo uma posição, exportações do estado recuaram US$761,4milhões (-6,9%) em relação a 2011.

          A Seca que atingiu o Rio Grande do Sul na safra de verão ocasionou a quebra de cerca de 50% da produção de soja; esse fato está afetando as exportações do Estado no ano, de acordo com os dados de janeiro a julho. Tradicional quarto exportador do Brasil, atrás de São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro, o estado ocupa agora o quinto lugar, atrás também do Paraná. No acumulado do ano, o Rio Grande do Sul exportou US$10,3bilhões, um recuo de US$761,4milhões (6,9%) em relação aos sete primeiros meses de 2011. Os dados são da Fundação de Economia e estatística do estado.

          No acumulado do ano, as exportações da agricultura caíram 12,4% em valor e 8% em volume, alcançando US$2,048 bilhões, ante US$2,3 bilhões no mesmo período de 2011. A participação da agricultura é de cerca de 20% nas vendas externas do Estado.

          No caso da indústria, a queda foi de US$521,4m…

Governo anuncia isenção a empresas que reduzirem poluição

Com o objetivo de alavancar a indústria e ao mesmo tempo cumprir as metas de redução na emissão de gases, o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio, Fernando Pimentel, a ministra do Meio Ambiente Izabella Teixeira e o presidente da CNI (confederação Nacional da Indústria), Robson Braga de Andrade assinaram nessa terça-feira dia (21) o Acordo de Cooperação Técnica para a construção do Plano de Mitigação e Adaptações às Mudanças Climáticas do Setor Industrial.

          O Acordo Apresentado deverá conceder benefícios a setores da indústria que cumprirem metas de redução de emissão de de poluentes. Os setores de Alumínio, cimento, papel e celulose, química, cal, vidro e ferro-gusa (usado na fabricação de aço) deverão ser beneficiados. A estimativa é que, em 2020, 16,2 milhões de toneladas de gás carbônico (CO²) deixem de ser emitidas, reduzindo a projeção de 324,4 milhões para 308,2milhões de toneladas.

          O ministro Pimentel ressaltou que esse plano já nasce …

Lleno de Nada!

Maitena es una dibujante excelente!

Agroecologia e Produção Orgânica

Decreto cria a Política de Agroecologia e produção orgânica. Serão adequadas medidas para o desenvolvimento da agricultura sustentável.

          A Política-Nacional de Agroecologia e produção orgânica (Pnapo) foi instituída nesta terça-feira 21/08, pelo Ministério da Agricultura, com a publicação do Decreto n°7.794 no Diário Oficial da União. O objetivo é articular e adequar políticas, programas e ações voltados para o desenvolvimento da agricultura sustentável no país.

          As discussões para a elaboração de uma política específica para o desenvolvimento da agricultura orgânica vêm acontecendo desde 2010, com o intuito de possibilitar o uso racional dos recursos políticos aplicados para o setor.

           Além de mecanismos de financiamentos e crédito rural, entre outros, o instrumento norteador do Pnapo será o Plano Nacional de Agroecologia e produção Orgânica (Planapo) que incluirá a Comissão Nacional de Agroecologia e Produção Orgânica (Cnapo) e a câmara intermini…

Exportação

"Brasil precisa ter pauta exportadora do século 21", diz Pimentel
           Foi lançado hoje, durante a reunião do Conselho Nacional de Desenvolvimento Econômico (Consedic), o Plano Nacional da Cultura Exportadora, que visa coordenar e promover ações de desenvolvimento e difusão da cultura exportadora nas Unidades da Federação. Durante o evento, no auditório da Agência Brasileira  de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). o ministro do desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, destacou que o Brasil faz parte do clube das economias desenvolvidas do mundo. "Isso é um fato consolidado e precisamos compreender os desafios que estão pela frente", disse o ministro.

          Para Pimentel, a indústria brasileira deve se adaptar para crescer de forma semelhante aos setores agrícola e mineral. O ministro ainda enfatizou que a pauta brasileira de produtos exportados deve mudar. "Os países desenvolvidos não têm uma pauta export…

Época de...

Comprar alimentos em seu período de safra é garantia de preços justos e maior qualidade. Abaixo alguns alimentos e seus meses bons (para os menos conhecidos-fotos e legenda):


Jabuticaba (setembro e outubro)
Laranja                                     (de agosto a dezembro)

Maça estrangeira                       (de julho a novembro)

Mamão formosa e Papaya          (setembro, outubro e novembro)

Morango                                    (julho, agosto e setembro)

Tangerina Murcote                      (agosto, setembro e outubro)
(Murcott - essa variedade que também é denominada de tangor é resultante do cruzamento da tangerina com a laranja doce - mas não pensem que essa descoberta é recente isso foi em 1913).


Abóbora seca                               (setembro e outubro)
Abobrinha italiana                        (outubro e novembro)
Batata Doce                                 (Maio a agosto)
Beterraba                                      (setembro a novembro)
Cebola       …