Pular para o conteúdo principal

Quero receber Newsletter de Danielle SV

* indica obrigatório

Mailchimp intuitivo

Comunicação Não-Violenta: técnicas para aprimorar relacionamentos pessoais e profissionais


Sim, esse é um blog cujo tema principal é Planejamento e Gestão! Sim, você encontra por aqui diversas indicações de livros porque ler e se atualizar constantemente faz parte do cotidiano de quem trabalha com liderança. Mesmo para quem não trabalha com planejamento e gestão a leitura e atualização frequente é muito relevante para vida profissional. Ler diversos e diferentes temas colabora com a visão ampla tão importante para tomada de decisão. 

Esse é um livro que todas as pessoas, que desejam melhorar sua comunicação, deveriam ler diversas vezes ao longo da vida. É um livro de fácil entendimento e muito útil para melhorar as relações sejam elas pessoais ou profissionais. Orelha do livro: "Quando entendemos nossas necessidades verdadeiras, criamos um território comum com nossos interlocutores e os relacionamentos tornam-se mais prazerosos, a comunicação passa a ser mais profunda".



Orelha do livro: Quando entendemos nossas necessidades verdadeiras, criamos um território comum com nossos interlocutores e os relacionamentos tornam-se mais prazerosos, a comunicação passa a ser mais profunda. Nesta obra, Marshall Rosenberg nos ensina a descobrir os sentimentos que pulsam em nós por trás das aparências. Mostra também como nossas ações são baseadas em necessidades humanas que todos buscamos preencher. 

Comunicação não-violenta é um manual prático para resolver conflitos de forma simples e eficaz. Os exercícios são descritos de maneira clara, podendo ser aplicados à vida privada e ao trabalho, em escolas, empresas, prisões, hospitais. O autor vem realizando cursos e treinamentos também nas áreas política e social.

Orelha do livro: "A comunicação não-violenta foi o resultado de sua especialização em psicologia social, de seus estudos de religião comparada e de suas vivências. Em 1984, o doutor Rosenberg fundou, na Califórnia, o Center for Nonviolent Comunication (CNVC), que se transformou em uma organização internacional sem fins lucrativos, com dezenas de pessoas habilitadas a dar treinamentos em trinta países, entre eles o Brasil. O autor introduziu programas de paz em regiões assoladas por guerras, como Sérvia e Croácia, Burundi e Sri Lanka, e as técnicas de CNV estão sendo ensinadas em escolas na Iuguslávia e de Israel". Arun Gandhi - Presidente fundador do instituto de Não-violência M.K. Gandhi

"O presente livro é um best-seller internacional. [...] Seu principal mérito é nos ensinar a nos colocarmos no lugar do outro, desenvolvendo a empatia, que é de grande ajuda até em casos mais difíceis de rupturas e má comunicação." Pierre Weil


São 13 capítulos:

1. Do fundo do coração - o cerne da comunicação não-violenta
2. A comunicação que bloqueia a compaixão
3. Observar sem avaliar
4. Identificando e expressando sentimentos
5. Assumindo a responsabilidade por nossos sentimentos
6. Pedindo aquilo que enriquecerá nossa vida
7. Receber com empatia 
8. O poder da empatia
9. Conectando-nos compassivamente com nós mesmos
10. Expressando a Raiva Plenamente
11. O uso da força para proteger
12. Libertando-nos e aconselhando os outros
13. Expressando apreciação na comunicação não-violenta

Epílogo
Bibliografia
Índice remissivo
☆ Sobre o CNVC e a CNV 



Contracapa: Em um mundo violento, cheio de preconceitos e mal-entendidos, buscamos ansiosamente soluções. Pois a boa comunicação é uma das armas mais poderosas, econômicas e de fácil aplicação. Grande parte dos problemas entre casais, pais e filhos, empregados e empregadores, vizinhos, políticos e governantes pode ser amenizada e frequentemente evitada apenas com...palavras. 
Saber ouvir o que de fato está sendo dito pelo outro e expressar o que de fato queremos dizer, embora pareça tarefa simples, é das mais difíceis. Usando sua experiência como psicólogo clínico e criador do método da comunicação não-violenta, Marshall Rosenberg ensina o leitor a:
  • se libertar dos condicionamentos e dos efeitos de experiências passadas;
  • transformar padrões de pensamento que conduzem a discussão, raiva e depressão;
  • resolver seus conflitos com os outros pacificamente;
  • criar relacionamentos interpessoais baseados em respeito mútuo, compaixão e cooperação.
"Associada à Justiça Restaurativa, a CVV vem ajudando a revolucionar as relações interpessoais e a gestão institucional, não só no campo da Justiça, mas também com parceiros que atuam nas políticas de segurança, assistência, saúde e educação. Leoberto Brancher - Juiz titular da 3º Vara da Infância e Juventude de Porto Alegre.


👉 Esse último item com a estrela são as últimas páginas que explicam o que é o Centro para a Comunicação Não-Violenta (Center for Nonviolent Communication, CNV) é uma organização global que almeja um mundo onde as necessidades de todos sejam atendidas pacificamente. Vou deixar aqui o site para que você conheça: www.cnvc.org

No site existem datas de treinamentos e aprofundamento do tema em vários países do mundo. Vale a pena conferir, principalmente, para quem trabalha com planejamento e/ou gestão em qualquer profissão. A comunicação é de extrema relevância para gerir um planejamento ou para montar ele.



Autor: Marshall B. Rosenberg
Editora: Ágora
Número de páginas: 285 páginas
ISBN: 978-85-7183-826-0
Ano de edição: 2006






Posts relacionados:










Diante de tantas distrações é preciso organização para manter o ritmo de leitura. Eu mantenho minhas leituras em dia por intermédio da organização e por isso já indiquei mais de uma centena de livros no blog. Para isso, desenvolvi esse material de apoio pois dessa forma você conseguirá exercitar a disciplina da leitura. 


                                                Material de apoio: Quero ler mais este ano!







Sabia que aqui no blog tem mais de 100 títulos que já li e gostei?


Quais assuntos e ou livros você gostaria de ver por aqui? Escreve aqui embaixo ou me manda nas redes sociais:

Instagram: @svdanielle

Facebook: @svdanielle 

Tik Tok: @sv.danielle

Facebook: @sobremarmita (Marmita: para levar para o trabalho e ou piquenique)

Facebook: @dsegundamao (Sustentabilidade)

Bom trabalho!


Abaixo banner da evino que é um anunciante aqui do blog. A evino é uma loja de vinhos online que oferece grandes descontos em produtos altamente compativeis. Venha experimentar um novo conceito de saborear o sabor da vida. Clica no banner e vai espiar!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Regras para geladeira coletiva (Material de apoio exclusivo na Loja)

  1 - Lembre que ela é coletiva e não apenas sua:  Os bons hábitos de higiene e limpeza devem prevalecer em uma geladeira coletiva . Mas se você não tem bons hábitos de higiene e limpeza não se preocupe: sempre é tempo de aprender. Os relacionamentos melhoram quando todos respeitam o ambiente coletivo. 2- Armazene os seus alimentos em um espaço específico dentro da geladeira. Um alimento em cada canto, não: ok? Uma maçã em uma prateleira, um pote em outra e a garrafinha em outra: não é prático. Se todos os alimentos estiverem concentrados apenas em um canto da geladeira será mais fácil administrar a validade deles. 3 - Consuma apenas o que é seu!  Pode parecer estranho para alguns essa colocação mas para outros não! É muito comum uns consumirem os lanches dos outros sem permissão? Sim! Não deveria ser assim? Não! Mas sempre é tempo de aprender e ter atitudes melhores . Principalmente, na geladeira coletiva da empresa.  4 - Derramou algo? no mesmo momento: limpe. Cada um deve limpar

Regras para uso de geladeira coletiva? (Material de apoio exclusivo na Loja)

Tenho geladeira coletiva na empresa, precisa ter regras? Sim! As regras, por alguns motivos, são muito  importantes - aqui destaco dois deles: 1)  a cultura da empresa deve estar em todos os lugares (Regras fazem parte da cultura empresarial) e 2) para o bom andamento de qualquer atividade coletiva deve existir regras. Preferencialmente, que as regras sejam postas antes de começar "o jogo" para que todos entendam como devem se comportar. Ter um Guia de uso na porta da geladeira coletiva da empresa ou próximo a ela será útil.  Utensílios que estão à disposição de várias pessoas devem ter regras de uso e higiene caso contrário cada um agirá da forma que faz em casa. E dessa maneira não funciona pois cada ambiente deve ter suas próprias regras e que sejam para todos, principalmente, os ambientes profissionais . Sem regras: um ambiente como a cozinha pode ser um estopim para desavenças e essas desavenças, geralmente, acabam se estendendo para atividades do cotidiano de trab

Geladeira coletiva da empresa: não deixe comida velha!

Assunto que pode parecer um pouco estranho para alguns - já para outros nem tanto! É muito comum, inclusive, as empresas abolirem a geladeira em virtude dos maus hábitos dos colaboradores. Se você é a pessoa que esquece comida dentro da geladeira e nunca mais lembra até criar mofo: anote na agenda uma vez por semana fazer uma limpa ou melhor tenha um dia especial para fazer a limpeza em seus alimentos. Quem sabe todas as sextas-feiras, assim, não fica comida ruim na geladeira no final de semana. A geladeira da empresa é um utensílio coletivo que deve ser tratado com educação e cuidado por todos. Deixar os alimentos envelhecerem dentro dela é o verdadeiro descaso com o resto dos colegas. Não espere que um colega lhe avise que tem algo ruim seu na geladeira. A responsabilidade por manter limpo o que usa é de cada um. Assuma as responsabilidades que são suas e evite estresses desnecessários com os colegas ou com os superiores. Ambiente coletivo todos devem ser colaborativos