Pular para o conteúdo principal

Quero receber Newsletter de Danielle SV

* indica obrigatório

Mailchimp intuitivo

Aliança dos Blogs 2 - Infanto-Juvenil: A parte que falta

 


Uma vez por mês estamos aqui com nossa blogagem coletiva! Somos três blogs Danielle SV, Leitor dos SonhosMãe Literatura e Tom Dutra: sou suspeita em falar mas são todos incríveis com conteúdos que podem colaborar com a vida cotidiana de diversas e diferentes formas.

Para essa nossa segunda edição cujo tema é: infanto-juvenil escolhi um livro muito interessante, simples e reflexivo. É um livro de ilustrações que quem me segue por aqui sabe que amo e o autor em questão é também ilustrador e carrega em sua jornada uma vasta bagagem artística, criativa, literária, e musical.




Esse é o tema do livro: A parte que falta em mim - vivemos em busca da parte que falta! Vou colocar aqui alguns trechinhos desse livro que vem com uma reflexão forte: passamos a vida em busca de algo que talvez nem saibamos exatamente o que seja. 

"Faltava-lhe uma parte.
E ele não era feliz."

"Então partiu em busca 
de encontrar a outra parte."

"Caindo em buracos"

"Tão rápido que nem podia 
parar pra conversar com uma minhoca"

Não vou contar muito pois é um livro bem curtinho e que vale a pena ter e ler! Não só infantos-juvenis mas adultos como eu e você. É uma reflexão muito válida para vida profissional e pessoal. 

Livro: A parte que falta
Autor: Shel Silverstein
Número de páginas: 112 páginas
ISBN: 978-85-7406-817-6
Ano de edição: 2018

Link do livro físico na Amazon: Clica aqui e vem ver!



Acima temos nosso calendário para 2021 então fica atento que no próximo mês tem mais blogagem coletiva por aqui! E lembra de ir nos blogs amigos também, vale a pena!









Posts Relacionados:











Sabia que aqui no blog tem mais de 50 títulos que já li e gostei?

A maior parte dos meus livros compro são na Amazon então deixo abaixo link para você, também, poder ver os livros na Amazon.  Se você não tem tempo agora mas quer lembrar de ver em outro momento faz como eu: entra na Amazon e coloca o livro no carrinho para ver depois.


Gostou do conteúdo? Quais assuntos e ou livros você gostaria de ver por aqui? Escreve aqui embaixo ou me manda nas redes sociais:

No Instagram: @svdanielle

No Facebook: @svdanielle

No Facebook: @sobremarmita (Marmita: para levar para o trabalho e ou piquenique)

No Facebook: @dsegundamao (Sustentabilidade)

Bom trabalho!



Comentários

  1. Esse livro teve um super hype lá pra 2017/18, né? Eu nunca li, mas parece ser muito especial. Adorei, Dani! Sucesso pra nossa blogagem coletiva!

    ResponderExcluir
  2. Adorei sua postagem, Dani!
    Este livro é muito especial, ótima escolha.
    Eu também acho que livros infantojuvenis podem e devem ser lidos por pessoas de todas as idades!
    Até o mês que vem
    Beijão
    Claudia

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigada pelo seu comentário!
Felicidades!

Postagens mais visitadas deste blog

Regras para geladeira coletiva (Material de apoio exclusivo na Loja)

  1 - Lembre que ela é coletiva e não apenas sua:  Os bons hábitos de higiene e limpeza devem prevalecer em uma geladeira coletiva . Mas se você não tem bons hábitos de higiene e limpeza não se preocupe: sempre é tempo de aprender. Os relacionamentos melhoram quando todos respeitam o ambiente coletivo. 2- Armazene os seus alimentos em um espaço específico dentro da geladeira. Um alimento em cada canto, não: ok? Uma maçã em uma prateleira, um pote em outra e a garrafinha em outra: não é prático. Se todos os alimentos estiverem concentrados apenas em um canto da geladeira será mais fácil administrar a validade deles. 3 - Consuma apenas o que é seu!  Pode parecer estranho para alguns essa colocação mas para outros não! É muito comum uns consumirem os lanches dos outros sem permissão? Sim! Não deveria ser assim? Não! Mas sempre é tempo de aprender e ter atitudes melhores . Principalmente, na geladeira coletiva da empresa.  4 - Derramou algo? no mesmo momento: limpe. Cada um deve limpar

Regras para uso de geladeira coletiva? (Material de apoio exclusivo na Loja)

Tenho geladeira coletiva na empresa, precisa ter regras? Sim! As regras, por alguns motivos, são muito  importantes - aqui destaco dois deles: 1)  a cultura da empresa deve estar em todos os lugares (Regras fazem parte da cultura empresarial) e 2) para o bom andamento de qualquer atividade coletiva deve existir regras. Preferencialmente, que as regras sejam postas antes de começar "o jogo" para que todos entendam como devem se comportar. Ter um Guia de uso na porta da geladeira coletiva da empresa ou próximo a ela será útil.  Utensílios que estão à disposição de várias pessoas devem ter regras de uso e higiene caso contrário cada um agirá da forma que faz em casa. E dessa maneira não funciona pois cada ambiente deve ter suas próprias regras e que sejam para todos, principalmente, os ambientes profissionais . Sem regras: um ambiente como a cozinha pode ser um estopim para desavenças e essas desavenças, geralmente, acabam se estendendo para atividades do cotidiano de trab

Geladeira coletiva da empresa: não deixe comida velha!

Assunto que pode parecer um pouco estranho para alguns - já para outros nem tanto! É muito comum, inclusive, as empresas abolirem a geladeira em virtude dos maus hábitos dos colaboradores. Se você é a pessoa que esquece comida dentro da geladeira e nunca mais lembra até criar mofo: anote na agenda uma vez por semana fazer uma limpa ou melhor tenha um dia especial para fazer a limpeza em seus alimentos. Quem sabe todas as sextas-feiras, assim, não fica comida ruim na geladeira no final de semana. A geladeira da empresa é um utensílio coletivo que deve ser tratado com educação e cuidado por todos. Deixar os alimentos envelhecerem dentro dela é o verdadeiro descaso com o resto dos colegas. Não espere que um colega lhe avise que tem algo ruim seu na geladeira. A responsabilidade por manter limpo o que usa é de cada um. Assuma as responsabilidades que são suas e evite estresses desnecessários com os colegas ou com os superiores. Ambiente coletivo todos devem ser colaborativos