Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2020

Curso: Avaliação Sensorial de Vinhos

No final do ano de 2019 fiz um curso que me chamou atenção pela organização e pelo conteúdo. Como o assunto do blog é: vida profissional trouxe essa experiência que tive com profissionais de primeira linha. É muito bom fazer um curso em um lugar agradável, em que tudo está muito organizado e o conteúdo é acessível para iniciantes. Sempre me interessei por vinhos além de apreciar a bebida fiz uma pesquisa na área: que foi o trabalho de conclusão de curso da graduação, porém sobre o comércio de vinho e não sobre a bebida em si.

Durante o curso tivemos aulas teóricas e práticas sobre análise sensorial para entender melhor os tipos de bebida e diferenciar suas estruturas. Identificar as famílias aromáticas foi muito interessantes pois treinamos o olfato e o paladar (todas as aulas tem degustações de vinhos de diversos países). Os professores são muito profissionais e dominam o assunto que estão ensinando: parece óbvio mas já fiz cursos que o professor não estava a vontade com o assunto q…

O que esperar de nós e o que esperamos de você

Na hora de agregar um novo profissional para o time é de fundamental importância que ele saiba o que esperam dele e o que ele pode esperar da empresa. E isso se dá através de regras claras para todos. Para que profissionais se engajem eles precisam saber em que estão se engajando. Como se engajar em algo desconhecido ou que parece pouco confiável? Possibilidades remotas!
O engajamento se dá justamente porque os funcionários acreditam no que fazem e concordam que fazem parte de algo com propósitos claros e não uma farsa. No entanto, a recíproca, também, é verdadeira: o colaborador faz muitas promessas na entrevista de emprego e não entrega nem a metade. Como a empresa pode se engajar em alguém assim? Possibilidades remotas!
Mas como criar essas regras? as empresas de maior porte além de treinamentos constantes tem por escrito o que esperam dos colaboradores: seja em materiais de desenvolvimento interno ou por intermédio do código de conduta e ética. Para as empresas menores mesmo as q…

Um mesmo ambiente: várias gerações

Incentivar a diversidade de gerações agrega demais dentro da equipe pois a forma de comportamento diante dos desafios de cada uma é diferente. As gerações anteriores talvez tenham maiores dificuldades com tecnologia mas é uma geração com mais paciência que pode ser importantíssima na hora de lidar com o cliente ou de ser um facilitador da cultura da empresa.
Já as gerações mais jovens entendem bem de tecnologia mas tem maiores dificuldades com as relações interpessoais, portanto tendem a ser mais inseguros. Qual é a melhor? não existe melhor ou pior! Justamente, ter diversas gerações em um mesmo ambiente é muito rico do ponto de vista de desenvolvimento profissional.
Aprender no presente com os erros do passado e criar novas soluções juntos. Aproveitar o que cada geração tem de melhor é uma habilidade para o líder, gerente e supervisor. Não tenha apenas uma geração dentro da empresa. Invista em diversidade para ter mais qualidade nas ações, no planejamento e na estrutura comportament…

O começo da reflexão para mudança

Fiz essa reflexão para aqueles profissionais que desejam uma mudança de trabalho mas não sabem por onde começar o planejamento. Nesse post, de presente para você, tem dois PDFs para baixar e imprimir - eles irão ajudar a organizar os pensamentos.
Alguns profissionais estão em bons empregos, com bons salários, porém ele não faz mais sentido para a vida ou estão em um trabalho que não gostam mais. 



Primeiro, não se culpe por ter um trabalho que a sociedade em geral vê como bem sucedido, todavia, para você ele não faz mais sentido. Porque essa análise não tem haver com a sociedade em geral e sim com seus anseios pessoais. Leve o tempo que for necessário para suas avaliações pessoais mas pense em você e nos que fazem parte do seu propósito. A sociedade em geral não está na sua vida cotidiana para saber o que é melhor. Quem sabe o que é melhor para si é a própria pessoa e também é ela que assume as responsabilidades por suas escolhas.
Essa primeira folha está disponível para impressão e te…

Livro: Nasce uma mãe - Meus primeiros aprendizados e minhas aventuras na maternidade

Esse livro é uma graça e com muitos aprendizados. De linguagem simples e escrita fluída. A autora conta um pouco de sua experiência com os dois filhos que não são gêmeos mas tem uma diferença pequena de idade. No caso dela foi uma gestação atrás da outra e ela conta como nasceu essa mãe com duas experiências diferentes mas muito próximas.

Gosto muito desse tipo de livro onde uma pessoa conta a sua experiência em uma determinada área pois é um grande aprendizado para os leitores também. A autora do livro tem uma vida profissional desde muito cedo e aos poucos foi se reinventando no trabalho. Thais Fersoza é atriz mas hoje, também, tem um canal no youtube onde mostra um pouco dos desafios da maternidade e ainda conversa com outras mães que tem uma vida profissional ativa ou não. 
Esse livro é ótimo para presentear as amigas que também estão passando por uma fase parecida ou para quem gosta de ler sobre experiências e aprender com elas.
Livro: Nasce uma mãe - Meus primeiros aprendizados…

Diversidade

Investir em um ambiente com diversidade cultural é priorizar o crescimento criativo e harmônico do trabalho que essa equipe exerce. Quanto mais diverso mais rico será o ambiente, portanto, observe e saiba usufruir do que cada profissional pode oferecer de melhor dentro da empresa.
Não tente encaixotar as pessoas dentro de um padrão pois isso acaba com a capacidade criativa e com o entusiasmo do colaborador. O mais importante é plantar em cada um a cultura da empresa, porém com coerência. Se existe uma cultura empresarial baseada em ética e moral todos devem se adequar e não somente os colaboradores. De nada adianta fomentar uma cultura que existe apenas na teoria.
Lembrando que uma empresa pode ter uma cultura forte baseada em valores morais e éticos e ainda  fomentar a diversidade cultural na equipe. Uma situação não tem haver com a outra, bem pelo contrário, elas se complementam e muito bem. Uma situação ideal é ser forte em cultura e diversidade! Para que isso aconteça procure por…

Não seja leva e traz!

Situação muito mais comum do que se imagina é a do leva e traz. Mas o que é leva e traz? é o colega de trabalho que não se sente um fofoqueiro (mas é) e entende que contando assuntos que sabe é uma forma de alertar ou mesmo ajudar os colegas de trabalho.
Fique sempre atento com esse colega pois, geralmente, ele está sempre disposto a levar e trazer um assunto desnecessário. Dificilmente ele está concentrado em seu trabalho e sabe tudo que acontece com os outros dentro da empresa. Lamentavelmente, alguns líderes tem essa pessoa como "pessoa de confiança" mal sabem eles que esse colaborador (que não colabora de forma nenhuma) leva e traz informações inclusive do chefe. Ele não poupa ninguém.
Se tem um colega que com frequência conta histórias que soube de outros colegas ou do chefe :desconfie! pois ele não tem motivo nenhum para poupar você. Não se engane achando que ele é amigo de alguém pois o grande prazer dele é ter informações para levar para um e trazer do outro. Ele co…

O que é Negociação?

Negociação é a habilidade para lidar com opiniões distintas e chegar a uma solução em comum acordo sem levar para o lado pessoal as discordâncias. Durante uma negociação haverão diversos momentos de desacordo até que se chegue a um consenso que seja benéfico para ambos.
Para a negociação o profissional deve saber lidar com as ideias do outro e expor as suas sem ataques verbais. Os ataques verbais acontecem, geralmente, pois em algum momento da conversa alguém levou para o lado pessoal. Caso a pessoa que está fazendo a negociação não consiga expor seu ponto de vista de forma clara as chances da negociação ser benéfica apenas para um lado são imensas.
Para trabalhar com negociação o cidadão deve ter algumas características como: saber ouvir, saber expor, saber esperar, ser resiliente, saber o momento adequado de dar um passo para trás ou avançar, saber observar os sinais que o interlocutor está emitindo, saber interpretar de forma adequado o que está sendo ouvido, ser claro em suas col…

Livro: Pelo mundo da moda: criadores, grifes e modelos

Quem me segue por aqui sabe que gosto muito da forma como a profissional Lilian Pacce se comunica em seus livros, em seu blog e em seu site: de maneira clara e com muita pesquisa. Esse é um livro que compila diversos textos sobre moda escritos pela jornalista em meios de comunicação onde trabalhava na época (1990 até 2000) e além desses textos e entrevistas têm extras contando um pouco como estava aquele profissional na época em que o livro foi escrito.

É um livro muito interessante do ponto de vista do desenvolvimento profissional de cada uma das pessoas e marcas que estão nele. É um ótimo livro para se perceber que uma carreira não se forma da noite para o dia. Exige muito trabalho, muita força de vontade e que cada escolha requer uma renúncia.  O mundo da moda como muitas profissões requer  pesquisa e muito estudo como é o caso de Issey Miyake: que é o profissional que mais pesquisa matérias primas pois ele acredita que métodos tradicionais unidos com técnicas modernas é o que tra…

Não solicite atenção do colaborador que está de férias

Quando um colaborador está de férias é o momento que ele tem para renovar as energias e revigorar as ideias. Portanto, interromper o ócio não é nada produtivo. Líder, colegas de trabalho e o próprio colaborador devem se organizar antes das férias para que não se precise dele.
Mas como não solicitar atenção do colaborador que está de férias se as vezes aparecem situações que só ele poderia resolver? Organização! Planejamento! Líder, colaborador e colegas devem se organizar com antecedência para que não precisem solicitar o profissional de férias.
Quem ficará com o trabalho do colaborador de férias? Essa pessoa deve ser definida pelo menos um mês antes. Com tempo suficiente para que o colaborador que irá sair de férias deixe tudo por escrito: quais tarefas que essa pessoa precisará fazer, quem são as pessoas que estão trabalhando junto naquela tarefa, contatos que o colega irá precisar, datas e horários de reuniões que já estão agendadas, pauta dessas reuniões e tudo aquilo que envolve…

Qual a diferença de assiduidade e pontualidade

Assiduidade é o caso do profissional que aparece com frequência ao trabalho. Isso quer dizer é assíduo naquele local. Já pontualidade é a situação daquele profissional que cumpre com suas obrigações em dia e hora marcada (sem atrasar trabalhos ou compromissos).
As duas situações caminham paralelas na vida de um bom profissional. Sim! Ser assíduo e pontual é parte das características de um bom profissional. Quer dizer que se você está pecando em uma delas: precisa melhorar.
Assiduidade e pontualidade são duas qualidades de profissionais que cumprem com o que prometem, que empregam sua palavra e fazem acontecer. Geralmente, esse profissional não dá muitas desculpas para o que deixou de fazer e sim é focado em resultados coerentes com o prometido.
Para ser considerado pontual é necessário ser assíduo - nesse caso eu poderia ouvir: mas a pessoa quando aparece no trabalho ela é pontual. A pessoa que falta demais ao trabalho (sem justificavas coerentes com um profissional) nunca será consid…

Entre o planejamento e a execução terão mudanças

Entre o planejamento e a execução terão mudanças e, muitas vezes, não serão poucas. Planejar um objetivo é muito bom pois minimiza os percalços do trajeto mas não quer dizer que tudo sairá exatamente como no plano.
As mudanças são em sua grande maioria para redirecionar algo que parecia funcionar bem na teoria mas na prática não é tão aplicável. Estar disposto para mudanças e ser flexível a elas faz parte de um planejamento.
Planejar não é apenas mirar no objetivo isso é tiro ao alvo. Planejar é pensar nas tarefas que te levarão até esse objetivo e tentar prever o que pode dar certo ou errado no caminho e ir fazendo os desdobramentos.  
Mas tudo isso é muito flexível e adaptável mas para isso a pessoa deve pensar com essa flexibilidade e adaptabilidade. Caso contrário as chances de ansiedade e perda do controle emocional com os desdobramentos aumentam muito. Todo plano deve ter tarefas de curto, médio e longo prazo, contudo adaptáveis aos desdobramentos que possam vir.
Tenha em mente…

Livro: Estúpida,Eu?

O livro de Camila Coutinho é leve, instrutivo e demostra muito de sua experiência com o empreendedorismo. Mostra claramente que trabalhar dá trabalho e que o profissional deve ter muita força de vontade para seguir em frente.
É um livro que fala muito sobre network e a importâncias de conhecer e se dar bem com as pessoas. São essas mesmas pessoas que podem ajudar em muitos momentos profissionais. Obviamente, ninguém ajuda quem não quer ser ajudado isso quer dizer a pessoa deve ser um profissional comprometido e interessado para ter indicação dos amigos.
Eu li a versão digital do livro e adorei! Indico para todos que desejam ou já trabalham de alguma forma com o mundo da moda  e ou com o universo virtual. Esse é o livro para tal pois é muito atual e jovem. Se você não trabalha com o mundo da moda e nem virtual mas é empreendedor - leia também!
Livro: Estúpida, eu? A blogueira que conquistou seu lugar no mundo da moda. Autor: Camila Coutinho  Editora: Intrínseca Número de posições e-bo…

Quais requisitos desejo em meus colaboradores?

Quando se vai fazer uma seleção para um novo colaborador é necessário pensar antes de começar: quais são os requisitos que o cargo exige e quais são as características que busco nessa pessoa. Contratar sem pensar e planejar pode surtir em mais rotatividade, estresse desnecessário, desperdício de dinheiro e de tempo.
O cargo exige que a pessoa tenha quais requisitos técnicos? ensino médio, superior, pós graduação?  Algum curso específico? quais tipos de conhecimento tecnológico que o cargo exige? é necessário ter experiência no mercado? de quanto tempo? qual período de tempo que será executado o trabalho? oito horas por dia? meio turno? é possível trabalhar remotamente? precisar viajar? saber dirigir? O termo atual para essas habilidades técnicas relacionadas ao cargo são chamadas de (hard skills). 
Porém, além dessas habilidades técnicas existem as habilidades de relacionamento. Quais as habilidades são necessárias para trabalhar com essa atividade nessa empresa? paciência, introspeç…

Um aprendiz ao lado de um mestre

Formar profissionais dentro da equipe que ajudem os novatos a se adequarem e se sentirem pertencentes ajuda demais no entrosamento, permanência e produtividade da empresa. Isso quer dizer um aprendiz ao lado de um mestre sempre. 
Pense em formar essa pessoa para que ocupe o lugar de mestre dentro da equipe e esse membro não é o líder pelo contrário é alguém, também ou mais, competente para tal e que irá ajudar nesse entrosamento entre profissional e empresa. O líder nem sempre pode acompanhar a equipe nas atividades diárias, porém um colega que é capacitado para tal: sim!
Essa pessoa escolhida deve ter alguns atributos como: paciência, gostar de ensinar, generosidade, gostar de trabalhar em equipe, saber as regras da empresa, saber a cultura da empresa, honestidade, ética etc. Esse profissional deve gostar muito do que faz pois ele pode ensinar alguém que poderá em pouco tempo ser ainda melhor que ele e o líder deve estar atento para não existir uma briga de egos. Egocêntricos não se…

Vivendo no Susto!

Como você encara a vida profissional? Vai indo de acordo com o que vai acontecendo ou planeja, e executa? É mais reativo ou proativo? Aquele que vive de acordo com os acontecimentos é reativo - "vive no susto" e o que planeja e executa é proativo.
Viver no susto significa que não é você quem decide a sua vida profissional e sim ela vai acontecendo de acordo com o tempo. Isso não quer dizer que a pessoa não seja um bom profissional - o trabalhador que "vive no susto" pode ser ótimo naquela atividade que executa mas não é o seu forte o planejamento e a gestão.
A vida profissional reativa tem um detalhe que pode ser fundamental pois ela pode trazer maiores inseguranças, maiores ansiedades e sensação de falta de direção. Inseguranças porque o profissional nunca sabe o que vai acontecer com sua vida profissional, ansiedades pois geralmente as atividades são acumuladas e ele nunca sabe o que fazer primeiro e sensação de falta de rota pois nada é planejado.
Se esse profi…

Material de escritório durável: Staedtler

Gosto de produtos duráveis e minhas recomendações são, em sua maioria, entorno de produtos desse tipo. E essas canetas da Staedtler  de origem alemã são um exemplo de produto durável!
Essas da foto são minhas e tenho a mais de cinco anos. A ponta segue igual, a tinta segue ótima, são leves para carregar e fáceis de identificar pois a cor da tampa é a cor da tinta.
É um produto que vale a pena ter no escritório e na bolsa para usar sempre que necessário. É incomparável com qualquer outra caneta das que já testei. 
Posts Relacionados:
Não deixe de ler
Ter sempre uma caneta em mãos
Adequar a vida profissional para uma nova realidade
Valorização dos relacionamentos
O que é vida profissional?
No instagram faço postagens sobre trabalho: treinamento, sustentabilidade, empreendedorismo, planejamento, organização, comércio, ética e ideias de marmitas saudáveis! Me segue por lá: @svdanielle
No Facebook: @svdanielle
Para receber por e-mail posts e novidades se inscreve no blog!
Como posso tirar dúvid…

Livro: O último presente de Paulina Hoffmann

Essa é uma história de superação de mulheres de uma mesma família, porém de diferentes gerações. Os capítulos são organizados de forma intercalada no presente (2016) e  no passado (1941 em diante - isso quer dizer em plena segunda-guerra mundial que começou em 1939).  A autora de certa forma se inspirou em sua própria família para escrever essa obra. 
Durante a história que se passa parte na Espanha e parte na Alemanha se pode conhecer melhor as personagens. Mulheres fortes que desejam trabalhar e ter uma vida profissional produtiva. Inclusive uma das personagens tem uma vida muito dedicada para carreira e é cobrada na família e socialmente por dar importância em demasia ao trabalho.

O coração fica apertado em várias passagens do livro: nos relatos da guerra versos o que as mulheres representavam e como agiam para sobreviver, na impossibilidade de uma das personagens não poder fazer letras e filosia pois a situação financeira era precária e tinha dois filhos pequenos, gravidez indese…