Pular para o conteúdo principal

Quero receber Newsletter de Danielle SV

* indica obrigatório

Mailchimp intuitivo

A Sorte Segue a Coragem




Literaturas escritas por filósofos me interessam e essa é de escrita leve mesmo que sobre temas densos. As considerações do autor sobre sorte e coragem são muito pertinentes para quem trabalha por seus objetivos. É um livro para ler diversas vezes ao longo da vida. 

O autor compartilha com o leitor seus saberes intelectuais e sua vivência como professor, autor e pai de família. É um livro bom para presentear os amigos! Inclusive, eu ganhei o meu de presente de amigos muito queridos. Terminei a obra com uma convicção de vida reafirmada: partilhar é maravilhoso e enriquecedor!

Seguem algumas passagens do livro que me chamaram atenção e espero que instigue ainda mais leitores:

"...A coragem preparada pode ser chamada também de audácia, que é a iniciativa competente..."

"A procura da carreira tem de ser movida a sonhos e bons sonhos. Mas insisto, não é delírio, não é divagação, não é distração. Sonho no sentido de desejo, de utopia, é algo a ser buscado, construído no cotidiano, feito passo a passo..."

"A informação de hoje só será transformada em conhecimento depois de meditada, refletida, pensada no contexto das outras vivências que se tem ao longo da vida..."


O livro está dividido em 20 partes:

1. Êxitos e fracassos: será o destino?
2. O destino me persegue?
3. A ocasião faz o padrão
4. A pessoa certa no lugar certo, na hora certa
5. Coragem não é impulsividade
6. Sorte, iniciativa e ética
7. A hora é agora!
8. Casualidades oportunas
9. E quando a hora não é agora?
10. Planejar, escolher, abdicar
11. Tecnologia. ocupação e tédio ausente
12. Estoque de conhecimento, partilha e humildade
13. Pensar sobre mim, pensar minhas razões
14. Tempo: aproveitar para não perder!
15. Tempo livre, competência e inventividade
16. O tempo passa mais depressa?
17. Gerações, convivência e oportunidade recíproca
18. O tempo passa; e nós?
19. Decrepitudes, senilidades, vitalidades!
20. Finitudes infinitudes, inifinitudes finitas


Autor: Mario Sergio Cortella
Número de páginas: 189
ISBN: 978-85-422-1234-1
Ano da Edição: 2018




Posts Relacionados:








Sabia que aqui no blog tem mais de 100 títulos que já li e gostei?


Quais assuntos e ou livros você gostaria de ver por aqui? Escreve aqui embaixo ou me manda nas redes sociais:

No Instagram: @svdanielle

No Facebook: @svdanielle

No Facebook: @sobremarmita (Marmita: para levar para o trabalho e ou piquenique)

No Facebook: @dsegundamao (Sustentabilidade)

Bom trabalho!




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Regras para geladeira coletiva (Material de apoio exclusivo na Loja)

  1 - Lembre que ela é coletiva e não apenas sua:  Os bons hábitos de higiene e limpeza devem prevalecer em uma geladeira coletiva . Mas se você não tem bons hábitos de higiene e limpeza não se preocupe: sempre é tempo de aprender. Os relacionamentos melhoram quando todos respeitam o ambiente coletivo. 2- Armazene os seus alimentos em um espaço específico dentro da geladeira. Um alimento em cada canto, não: ok? Uma maçã em uma prateleira, um pote em outra e a garrafinha em outra: não é prático. Se todos os alimentos estiverem concentrados apenas em um canto da geladeira será mais fácil administrar a validade deles. 3 - Consuma apenas o que é seu!  Pode parecer estranho para alguns essa colocação mas para outros não! É muito comum uns consumirem os lanches dos outros sem permissão? Sim! Não deveria ser assim? Não! Mas sempre é tempo de aprender e ter atitudes melhores . Principalmente, na geladeira coletiva da empresa.  4 - Derramou algo? no mesmo momento: limpe. Cada um deve limpar

Regras para uso de geladeira coletiva? (Material de apoio exclusivo na Loja)

Tenho geladeira coletiva na empresa, precisa ter regras? Sim! As regras são importantes por alguns motivos mas dois são muito importantes: 1)  a cultura da empresa deve estar em todos os lugares (Regras fazem parte da cultura empresarial) e 2) para o bom andamento de qualquer atividade coletiva deve existir regras. Preferencialmente, que as regras sejam postas antes de começar "o jogo" para que todos entendam como devem se comportar. Ter um Guia de uso na porta da geladeira ou próximo a ela será útil.  Utensílios que estão à disposição de várias pessoas devem ter regras de uso e higiene caso contrário cada um agirá da forma que faz em casa. E dessa forma não funciona pois cada ambiente deve ter suas próprias regras e que sejam para todos, principalmente, os ambientes profissionais . Sem regras: um ambiente como a cozinha pode ser um estopim para desavenças e essas desavenças, geralmente, acabam se estendendo para atividades do cotidiano de trabalho . Evitar desavenças de

Geladeira coletiva da empresa: não deixe comida velha!

Assunto que pode parecer um pouco estranho para alguns - já para outros nem tanto! É muito comum, inclusive, as empresas abolirem a geladeira em virtude dos maus hábitos dos colaboradores. Se você é a pessoa que esquece comida dentro da geladeira e nunca mais lembra até criar mofo: anote na agenda uma vez por semana fazer uma limpa ou melhor tenha um dia especial para fazer a limpeza em seus alimentos. Quem sabe todas as sextas-feiras, assim, não fica comida ruim na geladeira no final de semana. A geladeira da empresa é um utensílio coletivo que deve ser tratado com educação e cuidado por todos. Deixar os alimentos envelhecerem dentro dela é o verdadeiro descaso com o resto dos colegas. Não espere que um colega lhe avise que tem algo ruim seu na geladeira. A responsabilidade por manter limpo o que usa é de cada um. Assuma as responsabilidades que são suas e evite estresses desnecessários com os colegas ou com os superiores. Ambiente coletivo todos devem ser colaborativos