Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2012

Altos e Baixos da Vida Profissional

        Quem entra para a vida profissional não sai ileso de altos e baixos. A diferença de um profissional para o outro é a forma como cada um lida com essas nuances. Vamos refletir sobre cinco pontos importantes dessas reviravoltas: 1) Quando se está no auge da vida profissional  é necessário seguir tratando as pessoas bem? Sem dúvida. Existem profissionais que se sentem superiores quando estão em uma situação profissional privilegiada. Ter orgulho da competência é completamente diferente do sentimento de superioridade. Educação, respeito e cordialidade devem acompanhar o profissional independente do momento que  ele está. 2) Quando se está em um momento profissional desfavorável manter a constância das ações. Seja determinado e se comprometa consigo a melhorar. Não pare até que consiga êxito no que almeja. 3) No momento de sucesso no trabalho é esbanjador a tal ponto que desperdiça dinheiro que sem pensar no momento seguinte. Fato: a vida profissional é compos

Diálogo Sadio

          Boa parte do desenvolvimento profissional é construída através de diálogos, porém os diálogos devem ser sadios para que sejam bem aproveitados por seus interlocutores. Para que os diálogos sejam sadios um deve estar interessando e demonstrar esse interesse pela história do outro. Enquanto um conversa o outro fica no celular ou no computador é sadio? Não! O interessante é que  ambos parem de fazer o que estão fazendo e foquem a atenção no assunto em questão. Esse assunto pode ser apenas uma dúvida de um colega de trabalho? Sim!  Aqui estamos conversando sobre diálogos produtivos ok? aqueles que ambos podem crescer juntos. Fofocas e vida alheia não se incluem pois são assuntos que nada engrandecem a vida profissional e sim atrapalham. Se interessar pela história um do outro é sinal de que ambos desejam ter uma conversa produtiva e que tenha resultados efetivos. Isso pode ser um exercício diário com os colegas de trabalho, líderes, colaboradores, fornecedores, clientes e tod

Marmita: Grão de Bico

        Para quem gosta de levar na marmita para o lanche da tarde  húmus = pasta de grão de bico = homus ou um belo creme de grão de bico para os dias mais frios. Muitas pessoas usam o grão de bico pronto enlatado para fazer essas receitas assim facilita o trabalho. Vou ensinar aqui como eu minimizo o trabalho! Uso grão de bico in natura e não de lata! Com essa organização tenho sempre grão de bico pronto e disponível para minhas receitas. Pela manhã antes de sair para o trabalho deixo o grão de bico de molho na água: para lembrar de colocar o grão de bico de molho eu coloco um lembrete na geladeira ou no celular! Já que as manhãs tendem a ser mais corridas.  No retorno do trabalho - final de tarde ou começo da noite: retiro aquela água do grão de bico que ficou de molho e coloco ele em uma panela. Já dentro da panela coloco água limpa e sal a gosto e ligo o fogo. Depois que ele ferver cerca de 20 minutos já estará macio. Depois que esfriar congelo em porções individuais com um pouco